NESTA SEGUNDA-FEIRA (13/07) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 – AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 – RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

O Sindicato dos Metalúrgicos participou na última quinta-feira (25), de uma reunião online (por videoconferência) com a empresa Electrolux, em pauta, estiveram temas como: Saúde e Segurança dos Trabalhadores em tempos de pandemia; PLR 2020; Data-base 2020 e Garantia de Emprego.

Na oportunidade representantes da empresa Electrolux apresentaram panorama das ações realizadas para manutenção dos empregos, tais como férias coletivas, suspensão de contratos e ações relacionadas a prevenção ao COVID-19. Dirigentes do Sindicato reconheceram as medidas apresentadas pela empresa, bem como as ações para a saúde e segurança dos trabalhadores, nesta época de pandemia.

Na reunião ficou acordado que o Sindicato apresentará até meados de julho a pauta de reivindicações referentes a data-base em conjunto voltarão a discutir a PLR; Para os trabalhadores que tiraram férias e ainda não receberam a 1ª parcela do 13º salário e o adicional de 1/3 de férias, ficou combinado entre as partes que o pagamento por parte da empresa deverá ser realizado em 15 de julho de 2020. Sobre a garantia de empregos, a empresa se comprometeu que nenhuma medida será tomada por parte da empresa sem o conhecimento do sindicato.

Para o CSE na Electrolux a abertura das negociações junto à empresa Electrolux é fruto da organização dos trabalhadores juntamente com o Sindicato. “Desde 2010 o Sindicato vem realizando importantes conquistas para os metalúrgicos na Electrolux. Agradecemos o empenho de todos os trabalhadores e trabalhadoras pelas mobilizações realizadas durante todos esses anos, e não diferente agora em tempos de pandemia. Precisamos estar cada vez mais unidos para fortalecer nossa organização e nossa luta. Temos 84% dos trabalhadores sócios e pedimos pra quem ainda não for associado pra que venha somar com a gente, pois não há conquista sem luta, não há avanços sem organização”, ressaltou Rogério Dantas, conhecido como Véio, coordenador do CSE na Electrolux.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo