NESTA SEXTA-FEIRA (05/06) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 – AVENIDA TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 – RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 – RUA RUI BARBOSA (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 KM/H.

A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informou neste sábado (04/04) a situação epidemiológica do município para a COVID-19. 

São Carlos contabiliza neste momento, 18h45, 11 notificações de suspeitos em isolamento domiciliar. Neste sábado a Vigilância recebeu o resultado de outros 5 exames, todos negativos para a COVID-19. Dos cinco exames, 4 eram de pessoas em isolamento domiciliar e 1 de uma pessoa que faleceu. 

O resultado de outro paciente, homem de 63 anos, com comorbidades, notificado em São Carlos, internado no 15 de março, porém transferido para a UTI de outro hospital da região, deu positivo para COVID-19. O paciente já saiu da UTI e neste momento continua internado em outro município, mas na enfermaria. Ele é residente de São Carlos e é o terceiro caso positivo da cidade. 

Já o número de pessoas internadas com suspeita caiu de 29 para 23, sendo 12 adultos (enfermaria), 3 crianças (enfermaria), 5 adultos em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 1 criança em UTI. Outras 2 pessoas de outros municípios continuam internadas em São Carlos, sendo 1 na enfermaria e 1 na UTI.

Um homem de 76 anos que estava internado na UTI desde do dia 26 de março morreu na noite desta sexta-feira (03/04). Também um homem de 78 anos que estava internado na UTI desde do dia 1º de abril, faleceu na tarde deste sábado (04/04). 

O município contabiliza neste momento 3 casos confirmados, 26 descartados e 9 mortes suspeitas em investigação (eram 8 mortes suspeitas, um exame deu negativo, caiu para 7, porém hoje mais duas pessoas morreram, totalizando 9 mortes suspeitas). 

Do dia de 21 de março até este sábado (04/04), 884 pessoas já passaram pelo sistema público e privado com sintomas de síndrome gripal leve e foram colocadas em isolamento domiciliar por 14 dias. 

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo