O Diário Oficial do Município desta sexta-feira (27/03) publica a Portaria Nº 09/2020, assinada pelo secretário municipal de Transporte e Trânsito, Antônio Clóvis Pinto Ferraz (Coca Ferraz), autoridade de trânsito do município de São Carlos, suspendendo no período de 27 de março a 30 de abril de 2020 a fiscalização por meio dos três radares móveis.

Ao menos nove casas no bairro Cidade Aracy 2, sofreram prejuízos após serem invadidas pelas águas das chuvas fortes que caem em São Carlos desde a tarde da quarta-feira (26).

Os moradores cobram providências do poder público, pois já teriam sofrido transtornos em outras enchentes.

Segundo a Defesa Civil, já choveu mais de 100 milímetros nas últimas 24 horas. Segundo a prefeitura, a assistência social vai acompanhar e avaliar o caso dessas famílias que tiveram as casas atingidas pela chuva e que vai ajudar no que for possível.

Uma das moradoras informou que foi a terceira vez que sua casa foi tomada pelas águas e até agora ninguém toma providências.

No final da tarde, a Defesa Civil visitou as casas alagadas. “Estamos fazendo a avaliação de risco das casas, verificando se há risco e é importante saber por que aconteceu”, disse o diretor da Defesa Civil de São Carlos, Pedro Caballero.

A chuva também causou transtornos em uma unidade de saúde do Antenor Garcia. A água de uma infiltração do teto caiu na recepção e baldes foram usados.

A prefeitura disse que não houve prejuízo no atendimento e o serviço de manutenção já foi acionado para fazer o conserto.

Um carro quase ficou em baixo d'água na Rua João Martins França.  Na Praça Itália, um carro ficou preso no meio do alagamento.

Na Rua Monsenhor Alcides Veloso Siqueira, no Parque São José, o motorista de um caminhão não viu o buraco encoberto pela água e o veículo ficou com uma das rodas presa.



Comentário(s) 

Cesar | 27 Fevereiro 2020
Novamente o caos, nossos edis e gestor nada fizeram durante 3 anos, agora a população sofre com a falta de planejamento contra as enchentes; como disse o Boné "quem está incomodado com as enchentes, muda para um local alto" e se se tivermos epidemia corona vírus ele vai disser "muda de cidade", assim foi seu mandato, inerte, xingando e dizendo que é coisa boa.