NA TERÇA-FEIRA (14/07) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 – AVENIDA GETÚLIO VARGAS (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA DRº HEITOR JOSÉ REALLI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 – RUA DRº MARINO DA COSTA TERRA (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Neste sábado, dia 15 de fevereiro, ocorre o Dia ‘D’ de Mobilização Nacional para vacinação contra o sarampo. Em São Carlos todas as unidades básicas e de saúde da família atenderão das 8h às 17h.

A Campanha do Ministério da Saúde que está sendo realizada em todo o país desde a última segunda-feira (10/02), é dirigida a completar o esquema vacinal de crianças, a partir de 5 anos, adolescentes e jovens até 19 anos (dezenove anos, 11 meses e 29 dias). A Campanha se estende até o próximo dia 13 de março. Também está sendo disponibilizada nas unidades de saúde a vacina contra a febre amarela (atenuada) para toda a população a partir de 9 meses de idade, para atualização da situação vacinal (todas as pessoas que receberam 1 dose da vacina febre amarela antes de completar 5 anos de idade devem receber uma dose de reforço).

Kátia Spiller, supervisora da Vigilância Epidemiológica de São Carlos, informa que em 2020 já foram aplicadas 590 doses da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba e 319 doses da vacina contra a febre amarela. “Esse ano já registramos 8 notificações de sarampo, com 2 casos positivos para a doença. Por isso alertamos aos pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar seus filhos. É fundamental que a população alvo compareça as unidades de saúde levando a caderneta para que os profissionais possam avaliar o esquema de imunização. Quem ainda não se vacinou pode fazer isso neste sábado até às cinco da tarde. No Dia D também vamos disponibilizar a vacina contra a febre amarela”, ressalta Kátia Spiller.

Em 2018 foram aplicadas em São Carlos 10.578 doses da vacina tríplice viral. Em 2019, 19.697 pessoas foram imunizadas. Ano passado 121 notificações da doença foram registradas no município, sendo 30 casos confirmados e 91 descartados.

Já contra a febre amarela foram aplicadas no ano passado 5.878 doses da vacina. Nenhum caso positivo da doença foi registrado no município em 2019 e nem esse ano.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo