NESTA SEGUNDA-FEIRA (17/02/2020) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - RUA JOSÉ BONIFÁCIO X RUA 1º DE MAIO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

 

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, confirmou que o trecho da rua Episcopal, entre as ruas Geminiano Costa e Santa Cruz, local atingido duas vezes pelas chuvas, será liberado às 8h desta quinta-feira (13/02), para a passagem de veículos.

Os trabalhos de recuperação da via começaram no dia 23 de janeiro com a intervenção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) que refez todas as ligações de água e esgoto. Na sequência foram refeitas três galerias de águas pluviais, porém a nova camada de asfalto não foi colocada porque as chuvas continuaram castigando a cidade, inclusive no dia 6 de fevereiro a rua novamente foi atingida pelo forte temporal.

De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Mariel Olmo, outras regiões do centro da cidade também já foram recuperadas. “Já concretamos a Praça Ângelo Luporini, no cruzamento das ruas José Bonifácio e Jesuíno de Arruda e avenida Comendador Alfredo Maffei. Também iniciamos a recuperação das calçadas, porém a principal ação será a liberação da Episcopal, uma das principais ruas do comércio da cidade”, disse Olmo lembrando que a finalização dos demais serviços também depende das condições climáticas.

A área recuperada tem aproximadamente 1.200 metros quadrados e os serviços foram contratados pelo valor de R$ 300 mil. Essa foi a primeira contratação emergencial realizada pelo poder executivo após as chuvas.

A Prefeitura também liberou mais R$ 1 milhão de recursos do próprio município para outros serviços e pequenas obras emergenciais para diminuir os impactos das enchentes.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo