NESTA QUINTA-FEIRA (12/12) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – Avenida Trabalhador São-carlense (BAIRRO/CENTRO) vELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 2 – Avenida Francisco Pereira Lopes (shopping/usp) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 3 – Avenida Bruno Ruggiero Filho (bairro/shopping) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A Vigilância Epidemiológica de São Carlos, seguindo orientações do Governo do Estado de São Paulo e do Ministério da Saúde, realizou

no último mês de outubro a Campanha de Vacinação Contra o Sarampo para imunizar crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses, 29 dias).

Durante esse período os pais e/ou responsáveis tiveram a oportunidade para verificar o cartão de vacina dos filhos e reforçar a proteção para aqueles que se encaixavam na faixa etária estabelecida e ainda não tinham sido imunizados.

Em São Carlos 5.146 crianças foram até as unidades de saúde e dessas 920 estavam sem imunização ou com doses do calendário em atraso. Na faixa etária de 6 a 11 meses, a chamada dose zero, 265 vacinas foram aplicadas; em crianças com 1 ano foram aplicadas 491 doses, com 2 anos 66 crianças foram imunizadas; com 3 anos somente 30 crianças precisaram receber a vacina e com 4 anos foram vacinadas 68 crianças. A tríplice viral protege contra sarampo, caxumba e rubéola.

“Com a campanha conseguimos nos certificar que este público está em dia com a vacinação, além de garantir que as crianças de 6 a 11 meses se protegessem com a dose zero contra o sarampo”, explicou Kátia Spiller, supervisora da Vigilância Epidemiológica.

Outras 2.903 doses foram aplicadas no sistema de bloqueio, varredura e intensificação. Essas doses são aplicadas em pessoas que tiveram contato com suspeitos e não estavam imunizadas. Em São Carlos já foram registradas 111 notificações, sendo 23 casos confirmados, 51 descartados e 37 estão aguardando resultado de exame.

No estado de São Paulo foram registrados 44.232 casos suspeitos de sarampo, 10.620 confirmados, 16.958 descartados e 16.654 estão em investigação. Entre os casos confirmados, houve o registro de 14,6% de hospitalizações (35,9% das hospitalizações foram em menores de um ano). Até o momento foram registrados 13 óbitos, sendo que 46% destes em menores de cinco anos, 62% apresentavam condição de risco, a maior parte dos óbitos assinalada na grande São Paulo. Em todo o estado de São Paulo foram administradas 7.801.908 doses da vacina SCR.

As doses da vacina tríplice viral continuam disponíveis em São Carlos em todas as unidades de saúde já que faz parte do Calendário Nacional de Vacinação do SUS.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo