NESTA TERÇA-FEIRA (28/01/2020) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - RUA RAY WESLEY HERRICK (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - RUA RAY WESLEY HERRICK (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3 – RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Uma parceria entre a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e o Hemocentro de Ribeirão Preto vai promover o cadastramento de doadores de medula óssea em São Carlos. A iniciativa é organizada pelo grupo do Programa de Educação Tutorial do curso de Engenharia de Produção (PET-Produção) da Universidade e será realizada nos dias 15 e 22 de outubro, respectivamente, na UFSCar e na Universidade de São Paulo (USP).

O cadastramento é feito de forma rápida, apenas com a coleta de 5 ml de sangue e preenchimento de formulário. Podem participar pessoas entre 18 e 55 anos e que não tenham histórico de câncer, doenças do sistema imunológico ou doenças transmissíveis pelo sangue. A amostra de sangue e os dados dos possíveis doadores são cadastrados no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome). Em situações em que o sangue for compatível com pacientes que necessitem do transplante da medula, o possível doador é contatado para decidir sobre a doação. Informações completas podem ser acessadas no site http://redome.inca.gov.br.

A coleta será feita pela equipe do Hemocentro de Ribeirão Preto. No dia 15, a ação será na UFSCar, das 8 às 14 horas, na área externa da Biblioteca Comunitária (BCo), na área Norte do Campus São Carlos. No dia 22, acontece no mesmo horário, no Bar do Mário, dentro do Campus 1 da USP.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo