NESTA SEXTA-FEIRA (11/10) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1- AV. COMENDADOR ALFREDO MAFFEI, OPOSTO AO N° 4001 SENTIDO CENTRO/BAIRRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2- AV MORUMBI, PRÓXIMO AO N° 1416 CENTRO/BAIRRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3- AV. GETÚLIO VARGAS, PRÓXIMO AO GINÁSIO MILTON OLAIO BAIRRO/CENTRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

A cidade de São Carlos receberá, nos dias 23 e 24 de setembro, o Projeto Itinerante da Associação de Educação Financeira do Brasil – AEF-Brasil, que cumpre a importante missão de levar educação financeira à população ao capacitar professores da rede pública sobre o tema. Em 2018, a ação formou mais de mil profissionais de educação em 38 cidades.

O projeto, iniciado no ano passado, acontece em um momento importante para o país, em que pesquisas de mercado mostram um crescimento no número de famílias brasileiras endividadas.

Dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo mostram, por exemplo, que esse percentual vem aumentando nos últimos meses e chegou a 64,8% em agosto, alta de 0,7 ponto porcentual em relação aos 64,1% de julho, conforme dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic). Segundo a CNC, o porcentual de endividamento atingiu o maior nível desde julho de 2013.

“Em um contexto como esse, a educação financeira, mais do que nunca, aparece como a principal alternativa para a construção de uma nação financeiramente consciente, na medida em que promove mudança de comportamentos e, por consequência, transforma vidas”, comenta Claudia Forte, superintendente da AEF-Brasil.

O número de consumidores inadimplentes em São Carlos aumentou, de acordo com o levantamento do primeiro trimestre de 2019 feito pela Serasa Experian, se comparado ao ano passado, que era 71,3 mil. Nesse ano, o número de inadimplentes chegou a 74,7 mil.

A capacitação da AEF-Brasil segue as diretrizes da ENEF - Estratégia Nacional de Educação Financeira – ENEF, Decreto Lei DECRETO Nº 7.397, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2010 que institui uma política pública que tem por finalidade disseminar a educação financeira junto à população. A iniciativa oferece aos docentes de todo o Brasil, de forma gratuita, informação, formação e orientação, além de parcerias com órgãos e entidades públicas e instituições privadas.

“Nosso objetivo é formar os profissionais com grande base de informação para que possam inserir de forma transversal a educação financeira nas demais disciplinas da escola, como Português, História e Geografia. A ação beneficia não só os professores, mas também estudantes e toda a comunidade. Nossa expectativa para esse ano é chegar aos 2 mil professores capacitados nas 41 cidades que percorreremos”, comenta Claudia.

Planos para 2019

Esse ano, além das oficinas para capacitação de professores em 41 cidades, o Projeto Itinerante retornará em dez municípios para acompanhamento e medição de resultados.

“Queremos saber os resultados de quantos alunos, pais e/ou comunidade serão impactados diretamente por atividades realizadas por professores que passaram pelas oficinas para, assim, mensurar de forma eficiente quantas pessoas foram impactadas por estes professores, após participarem das oficinas”, explica Claudia Forte.

A AEF-Brasil espera que o capital humano gerado pelas oficinas de educação financeira resulte em impacto direto aos alunos, bem como indiretamente aos familiares e comunidade, aumentando e fortalecendo a temática no País.

Serviço

Projeto Itinerante de Capacitação em Educação Financeira

Data: 23 e 24 de setembro (segunda e terça-feira)

Horário: das 8h às 12h

Local: CeFPE - Centro de Formação dos Profissionais de Educação São Carlos-SP

Endereço: Conde do Pinhal, 2017 – Centro – São Carlos/SP



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo