NESTA SEXTA-FEIRA (13/12) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – Rua Rui Barbosa (CENTRO/BAIRRO) vELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 kM/H; 

RADAR 2 – Avenida Francisco Pereira Lopes (usp/ shopping) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 3 – Rua Miguel Petroni (rodovia/centro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, inaugurou na tarde desta terça-feira (10/9), o Centro de Referência em Direitos Humanos.

O Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH) é um espaço voltado para o fortalecimento de ações de superação da violência e afirmação dos Direitos Humanos. “Esse espaço representa a preocupação e os cuidados com os direitos humanos no município de São Carlos. Visa acompanhar e fazer o enfrentamento das questões de intolerância, de violência por causa das desigualdades, de desenvolver ações de proteção e cuidados com pessoas vítimas de violência, como a discriminação, por exemplo”, disse Glaziela Solfa Marques, secretária de Cidadania e Assistência Social.

A abertura do Centro representa o compromisso e a perspectiva de garantia de direitos, frente ao contexto de violência, vulnerabilidade e tantas situações adversas, além da busca de novas estratégias e possibilidades de enfrentamento dessas condições. “É um espaço para atendimentos, mas também um espaço voltado para o acolhimento de eventuais casos de denúncia e violação dos direitos humanos. E também um local para dar suporte para as pessoas vulneráveis”, informou Fernando Oliveira, Diretor do Departamento de Direitos Humanos.

O prefeito Airton Garcia participou da inauguração do Centro de Referencia em Direitos Humanos e destacou o papel da Prefeitura em apoiar os mais necessitados. “O Centro vai somar muito no desenvolvimento de ações e reforço das políticas públicas das populações mais vulneráveis”, disse ele.

A organização de um espaço físico e a formação de uma equipe está possibilitando à cidade a retomada de ações tão exitosas no passado. “É a retomada de uma ação que já tivemos. O convite a tantas entidades que se fortaleceram ao longo dos anos pela ausência do poder público vai fazer com que São Carlos tenha um trabalho de referência. Uma das principais ações que o Centro deve atender é a questão das pessoas em situação de rua. Essa é a mais urgente. Além disso, atuar de maneira efetiva para coibir uma agressão a um direito essencial, criando uma cultura em que o cidadão se sinta respeitado, principalmente quando ele sofrer uma ofensa”, comentou Sara Bononi, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB São Carlos.

Localizado na rua Marechal Deodoro, nº 2.490, no centro, o CRDH vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O atendimento é de forma espontânea ou mediante encaminhamento de algum outro órgão da rede socioassistencial ou de defesa de direitos.

Representantes de diversos órgãos e entidades de defesa dos direitos humanos participaram da abertura do Centro de Referência em Direitos Humanos.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo