NESTA SEGUNDA-FEIRA (16/09) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Rua Miguel Petroni (CENTRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 2 – Av. Francisco Pereira Lopes (USP/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 – Av. Comendador Alfredo Maffei (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) entregou para a Prefeitura Municipal de São Carlos nesta quarta-feira (21) as cinco câmeras que serão instaladas para o monitoramento da área central do município. As doações são parte de um projeto para tentar diminuir a quantidade de roubos e furtos no comércio.  

A doação foi oficializada pela diretoria da ACISC no início de agosto, durante uma reunião com o Coronel Samir Gardini, secretário de Segurança Pública e Defesa Pessoal. 

Os aparelhos devem ser instalados nos cruzamentos da Av. São Carlos com a Rua Jesuíno de Arruda, Rua Nove de Julho com a Rua General Osório, Rua Episcopal com a Av. Comendador Alfredo Maffei e Rua Nove de Julho com a Rua Jesuíno de Arruda. 

“A intenção desse projeto é podermos monitorar toda a área de comércio de São Carlos. Logo vamos estender também para outros ‘corredores’ de maior comércio da nossa cidade, como Rua Larga, Av. Sallum e Rua Miguel Petroni, no intuito de poder proteger um pouco esse patrimônio que é nosso comércio”, disse o presidente da ACISC, José Fernando Domingues. 

Modernização

O projeto, que também conta com a parceria da Polícia Militar e da Guarda Municipal, visa ampliar e modernizar o atual sistema de monitoramento. Também está sendo desenvolvido um sistema de reconhecimento facial para ser integrado aos equipamentos. 

“A segurança pública sem tecnologia fica manca, e a ACISC entendeu essa ideia e também investiu nessa busca de segurança para os comerciantes. Gostaria de agradecer a diretoria da ACISC por essa parceria que se faz tão importante”, disse o Coronel Samir Gardini.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo