Nesta sexta-feira (16/08) os radares móveis estarão operando nos seguintes locais: 

RADAR 1 - Rua Miguel Petroni (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Avenida Comendador Alfredo Maffei (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Avenida Trabalhador São-carlense - (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

Em parceria com a Caixa Econômica Federal, a Construtora Pacaembu, lançou nesta terça-feira (13/8), um empreendimento imobiliário com 500 moradias, faixa 2 do Minha Casa, Minha Vida, denominado “Vida Nova São Carlos”.

O atendimento ao público para as inscrições começam nesta quarta-feira (14/8), na Praça do Mercado Municipal. O atendimento acontecerá diariamente, das 9h às 18h, inclusive sábados, domingos e feriados, até o dia 2 de setembro.

As casas serão construídas em um bairro planejado na zona sul, no prolongamento da avenida Regit Arab (avenida que dá acesso ao bairro Cidade Aracy), próximo a Rodovia Luís Augusto de Oliveira (SP-215). As moradias serão financiadas pela Caixa Econômica Federal em até 360 meses.

As casas serão construídas com 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço coberta, com laje e piso cerâmico em todos os ambientes. Os imóveis serão construídos independentes uns dos outros em terrenos de 160 metros quadrados, o que possibilita espaço para ampliações.

Para adquirir uma das moradias, as famílias devem ter renda familiar composta para financiar a casa de R$ 1.800,00. As parcelas do financiamento serão a partir de R$ 509,00.

“A Caixa Econômica Federal oferece subsídio de até R$ 20.035,00, financiamento em até 360 meses e a possibilidade de utilizar o FGTS para dar a entrada do imóvel. Os interessados devem fazer a inscrição, toda a documentação será repassada para nós e após análise, não tendo nenhuma pendência em 30, 40 dias a carta de crédito já é liberada”, explica Roberto Ferraz de Souza, gerente da Caixa.

De acordo com o diretor comercial da Pacaembu, Fred Escobar, a construtora é especialista na construção de bairros planejados com casas térreas. “O Vida Nova São Carlos será entregue aos moradores com toda a infraestrutura, assim como fizemos no Vida Nova Ribeirão, com 6.991 casas, maior bairro planejado de casas do Brasil. Aqui em São Carlos vamos investir R$ 70 milhões”, conta Escobar.

Para o secretário João Muller além de dar oportunidade para que as pessoas consigam a tão sonhada casa própria, o investimento vai gerar empregos. “Somente para a construção dessas 500 moradias devem ser gerados 700 empregos, sendo 300 diretos e 500 indiretos, movimentando a economia e o setor da construção civil. Esperamos que mais empresários dessa área escolham São Carlos para investir”.

O prefeito Airton Garcia fez questão de participar do lançamento do empreendimento. “São Carlos tem um déficit de 17 mil moradias se consideramos todas as faixas de valores, portanto essas 500 casas ajudam a diminuir essa demanda. Precisamos incentivar mais investimentos com subsídios da Caixa. É nessa faixa de renda, de R$ 1.800, que pode ser compartilhada na família, que se concentra o maior público”.

Para fazer a inscrição é necessário apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, certidão de nascimento dos filhos menores de 21 anos e comprovante de residência.  Para comprovação de renda no caso de assalariados é preciso apresentar os 3 últimos holerites, carteira de trabalho e extrato atualizado do FGTS. Já os aposentados devem apresentar o número do benefício e último extrato do INSS. Quem for empresário ou autônomo precisa levar o contrato social e 3 últimos pró-labores. Os não assalariados devem apresentar os 3 últimos extratos de conta corrente e 3 últimas faturas do cartão de crédito e do imposto de renda, caso seja declarante.

As informações completas estão disponíveis no site da construtora no www.pacaembu.com ou pelo 0800 730 2020.

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo