NESTA SEXTA-FEIRA (13/12) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – Rua Rui Barbosa (CENTRO/BAIRRO) vELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 kM/H; 

RADAR 2 – Avenida Francisco Pereira Lopes (usp/ shopping) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 3 – Rua Miguel Petroni (rodovia/centro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A USP é a única universidade da América Latina a figurar entre as 100 instituições com maior reputação acadêmica do mundo, segundo o World Reputation Ranking 2019, divulgado no dia 17 de julho.

Elaborado pela consultoria britânica de educação superior Times Higher Education (THE), o ranking classifica as instituições de acordo com a opinião de 11 mil pesquisadores e acadêmicos que são convidados a elencar, com base em sua própria experiência, até 15 universidades que considerem ser as melhores em termos de pesquisa e ensino.

Nas três primeiras posições estão as norte-americanas Universidade de Harvard (1º lugar, pelo nono ano seguido), Instituto de Tecnologia de Massachusetts (2º) e Universidade de Stanford (3º).

“Cada ranking tem uma abordagem e orientação definidas, que devem ser bem compreendidas para melhor análise do que ele representa. Em relação a esse ranking em particular – resultado da opinião de pesquisadores externos – fico muito contente em saber que a Universidade de São Paulo é a instituição latino-americana com melhor reputação internacional. O reconhecimento pela comunidade é muito importante para estimular o nosso trabalho”, afirmou o reitor Vahan Agopyan.

Os Estados Unidos são o país com mais universidades na lista, 52 das 101 classificadas. Austrália e China empataram, com seis instituições cada; Alemanha, Japão e Holanda classificaram cinco.

O Brasil é o único país da América Latina a ter uma universidade classificada. Na posição 81-90, a USP se iguala a instituições como a Universidade de Boston (EUA), a Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara (EUA), a Universidade Livre de Berlim (Alemanha) e o Instituto de Tecnologia de Tóquio (Japão).

Os pontos para avaliar a reputação referem-se ao número de vezes que uma instituição foi citada pelos entrevistados como sendo a melhor em seus respectivos campos de conhecimento. Os acadêmicos consultados poderiam destacar as universidades que consideravam as mais fortes, regional e globalmente, em suas áreas específicas, dentre as mais de 6 mil instituições de ensino superior existentes no mundo.

THE Rankings

Em sua nona edição, o World Reputation Ranking é uma vertente da classificação anual das universidades feita pelo THE com base em uma pesquisa realizada junto a 11.554 acadêmicos de mais de 135 países, abrangendo todas as áreas do conhecimento. A classificação das instituições tem como principal critério a excelência na pesquisa e no ensino.

Em outro ranking da consultoria, o Emerging Economies Rankings 2019, divulgado em janeiro, a USP ficou na 15ª posição entre universidades de países considerados emergentes como Brasil, China, Rússia, Índia e África do Sul.

Já no THE Latin America, que abrange apenas instituições da América Latina, a USP ficou na 2ª posição, sendo a brasileira mais bem colocada. O ranking foi divulgado no dia 18 de junho, no encerramento do Fórum Latino-Americano promovido pelo THE na cidade de Lima, Peru.

Arte: Cleber Siquette/Jornal da USP



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo