NESTA QUINTA-FEIRA (18/7) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA MORUMBI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

O Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Secretaria de Saúde promoveu na última sexta-feira (14/6), um encontro para a atualização de informações sobre vacinação em gestantes. O evento reuniu 208 profissionais da área de saúde, entre eles enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde e médicos da rede municipal e privada, além dos profissionais dos municípios que compreendem a Região Coração, estudantes das áreas de saúde e também  da articuladora da Rede Cegonha do DRS III Araraquara, Rosangela Luco. 

A atividade foi realizada em parceria com a empresa GSK com participação da gerente científica e farmacêutica, Esthefanie Ribeiro. Ela focou o trabalho nas vacinas especificas para as gestantes que constam no calendário do Programa Nacional de Imunização - PNI, disponíveis em todas as Unidades de Saúde do Município.

Um dos destaques foi a importância da vacinação de coqueluche, uma doença infecciosa aguda e transmissível, que compromete o aparelho respiratório. A vacina contra a coqueluche é a tríplice acelular dTpa, que protege também contra tétano e difteria, e está disponível na rede pública de forma gratuita.

Segundo Kátia Spiller, supervisora da Vigilância Epidemiológica, a cobertura vacinal da dTpa em gestantes ainda é muito baixa (42,07%) em São Carlos, assim como em todo o país. “A baixa cobertura nos preocupa. A vacina é  capaz de proteger  a mãe e o bebê contra Coqueluche, Tétano e Difteria, e o maior objetivo da vacina dTpa em gestantes é diminuir a incidência da coqueluche, principalmente nas crianças menores de 1 ano de idade”, contou. 

A proposta da capacitação foi a atualização de conhecimentos e processos desenvolvidos, sempre buscando melhorar o atendimento a população. “A capacitação foi de extrema relevância para aprimorar o conhecimento de todos os profissionais presentes envolvidos na assistência à gestante e conscientiza-los sobre a importância de trabalharmos a prevenção através do aumento da cobertura da Vacina dTpa e ofertar um melhor atendimento ao público alvo”, explicou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Crislaine Mestre.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo