NESTA QUINTA-FEIRA (18/7) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA MORUMBI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Diariamente, a dona Maria Luiza Venâncio, moradora do Planalto Verde, tem que “subir o morro” para levar os netos para a escola que fica em outro bairro. São cerca de 30 minutos de caminhada. “É um pouco difícil. As crianças ficam cansadas. Quando o sol está quente é pior”, conta.

Além dela, as famílias de aproximadamente 280 crianças enfrentam a mesma situação. São estudantes que moram no bairro e estudam em escolas do Cidade Aracy ou mesmo no centro da cidade.

Para atender essa demanda, desde o início da gestão, o prefeito Airton Garcia e o secretário de Educação, Nino Mengatti, estão tentando recursos para a construção de um Cemei no bairro. “Logo no início do governo estivemos em São Paulo para reivindicar uma escola para o Planalto Verde. Nosso trabalho é permanente e contínuo, com investimentos em infraestrutura e pessoal para que São Carlos tenha a melhor educação”, afirmou Nino.

O anúncio da tão esperada escola foi feito na manhã deste sábado (15/6), com o lançamento da pedra fundamental do Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Professor Flávio Aparecido Ciaco. O evento contou com a participação do secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, do prefeito Airton Ferreira, do secretário de Educação, Nino Mengatti; do secretário de Mobilidades Especializadas do Ministério da Educação, Bernardo Goytacazes de Araújo; da reitora da UFSCar, Wanda Hoffman; da dirigente de Educação de São Carlos, Débora Costa Blanco; secretários, chefes de gabinete, diretores de várias pastas, vereadores e outras autoridades.

Com investimentos da ordem de R$ 2,7 milhões, o Cemei irá atender até 260 crianças de 0 a 5 anos. O prédio terá 813,78 m2 de área a ser construída, com sete salas, dois berçários, fraldário, lactário e ambientes comuns com acessibilidade.

Essa é a segunda escola de educação infantil construída em São Carlos por intermédio do Programa Creche Escola, o que segundo o secretário Rossieli Soares, só foi possível pelo trabalho de colaboração entre Estado e município. “A educação é o ponto de transformação de qualquer governo. Hoje, não interessa se a criança estuda numa escola municipal ou estadual interessa que a criança estude, aprenda que chegue a algum lugar com a educação. Nesse sentido nós precisamos apoiar os municípios e os municípios também, em contrapartida, nos apoiarem. Essa união que tem sido fundamental” disse o secretário de estado de Educação.

Para o prefeito Airton Garcia, é preciso pensar na comunidade que está mais afastada do centro da cidade. “Temos priorizado a construção de equipamentos públicos nos bairros mais afastados do centro. Em breve, essa região terá outro residencial e uma escola aqui facilita a vida das famílias”, afirmou o prefeito.

A dona de casa Maria Luiza Venâncio participou da cerimônia e comemorou. “Aqui tudo é longe. Meu filho tem 3 anos estuda em outro bairro. Espero que a construção seja concluída em breve. A nova escola está no meu quintal”. 

Sobre o Creche Escola - É um programa da Educação que prevê uma parceria entre municípios e estado para a construção de unidades de formação básica. Os municípios fazem avaliações técnicas sobre os locais que serão mais impactados com creches e cedem um terreno para a construção do prédio. O Estado entra com o aporte financeiro, previsto por lei em sete parcelas, e o município cuida da obra. Em São Carlos, o CEMEI Professora Regina Aparecida Lima Melchíades foi inaugurado em dezembro de 2018 no Parque Novo Mundo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo