NESTA SEXTA-FEIRA (19/7) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA FRANCISCO PEREIRA LOPES (USP/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

A vereadora Cidinha do Oncológico (SD) participou na última quarta-feira (12), em Araraquara, de reunião com diretores da DRS III (Direção Regional de Saúde) e integrantes do Departamento de Regulação e da Secretária Municipal de Saúde de São Carlos para discutir a transferência à Santa Casa, da gestão e espaço físico do Ambulatório Oncológico local, atualmente a cargo da Prefeitura. O Ambulatório para melhoria do atendimento e agilidade do tratamento para pacientes com câncer, foi uma conquista da vereadora Cidinha em 2013.

Segundo a vereadora, inicialmente foi apresentado pela Santa Casa um projeto para que o espaço físico seja exclusivo para atendimento oncológico, com manutenção das equipes. A proposta foi mudada ao longo do processo, pois o espaço inicialmente apresentado será utilizado para ampliar a oferta de leitos para os pacientes. “A Santa Casa então, apresentou uma nova proposta para condicionar outras especialidades junto ao novo espaço, tirando a privacidade e exclusividade para nossos pacientes que já se encontram em estado debilitado e traumático”, relatou Cidinha, que rejeitou proposta de limitar a apenas três vezes por semana o atendimento, hoje prestado de segunda a sexta feiras das 7h às 17h. 

Cidinha defende que as mudanças a serem implantadas “venham melhorar o atendimento e manter os profissionais que há mais de dois anos trabalham com grande dedicação no diagnóstico e cura dessa doença tão ofensiva e destrutiva”.

A parlamentar espera que seja mantida a equipe multidisciplinar e haja um espaço exclusivo “para atendimento, acolhimento, prioridade e agilidade nos exames, biopsias, cirurgias, quimioterapia e radioterapia, agilizando o diagnostico precoce e cura”.“Minha vida é dedicada a cuidar e orientar estes pacientes que quando diante do diagnóstico de câncer, encaram a pior fase da vida; junto a seus familiares, luto constantemente por um atendimento de saúde de qualidade e mais humano”, concluiu.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo