NESTA QUINTA-FEIRA (18/7) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA MORUMBI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

A Diocese de São Carlos completa 111 anos de criação nesta sexta-feira (07). Para comemorar a data, será celebrada na Catedral de São Carlos Borromeu a Santa Missa em Ação de Graças. A celebração acontecerá às 12 horas e será presidida  por Dom Paulo Cezar Costa, Bispo Diocesano de São Carlos.

São esperados representantes de todas as pastorais e movimentos que compõe esta Igreja Particular, em seu quatros vicariatos: São Carlos Borromeu, São Bento, Senhor Bom Jesus e Nossa Senhora do Patrocínio, autoridades religiosas, civis e todo povo de Deus.

Atualmente a Diocese de São Carlos conta com 125 paróquias e 4 santuários, distribuídos em 29 municípios e 7 distritos do interior de São Paulo. São mais de 162 padres, cerca de 57 diáconos permanentes e 7 diáconos transitórios. Esta Igreja Particular possui uma ampla formação para os futuros Presbíteros da  Diocese de São Carlos, contemplando o Seminário Propedêutico (8), Seminário de Filosofia (15) e o Seminário de Teologia (30). O patrono da Diocese é São Carlos Borromeu.

A Diocese de São Carlos

A Diocese foi criada pelo Papa Pio X, através da Bula Diocesium Nimiam Amplitudinem, sendo desmembrada, integralmente, da então, Diocese de São Paulo.

A criação ocorreu no dia 7 de junho de 1908, tendo como seu primeiro Bispo Diocesano, Dom Jose Marcondes Homem de Mello, homem do pastoreio com inúmeras visitas pastorais, viajando de trem, trólebus e lombo de cavalo.

A posse de Dom José Marcondes foi efetivada em 22 de novembro de 1908, e dia 25 de novembro foi instalada a Diocese de São Carlos com todos os seus direitos e deveres canônicos.

Nestes 111 anos, foram bispos em nossa Diocese: Dom José Marcondes Homem de Mello (1908-1935), Dom Gastão Liberal Pinto (1937-1945), Dom Ruy Serra (1948-1971), Dom Constantino Amstalden (1971-1995), Dom Joviano de Lima Júnior (1996-2006), Dom Paulo Sérgio Machado (2006 a 2015) e Dom Paulo Cezar Costa (2016-atual), contou com a colaboração de Dom Sergio Aparecido Colombo como Bispo Auxiliar no período de de 1º de fevereiro de 2002 ao dia 3 de dezembro de 2003 e atualmente o Governo de Dom Paulo Cezar conta com a colaboração de Dom Eduardo Malaspina, Bispo Auxiliar.

Serviço:

Celebração dos 111 anos da Diocese de São Carlos
Data: Dia 07 de junho
Horário: 12h
Local: Catedral São Carlos Borromeu – cidade de São Carlos

Mais informações acesse: http://www.diocesesaocarlos.org.br/

Página Oficial da Diocese de São Carlos no facebook: https://www.facebook.com/diocesesaocarlos/

 



Comentário(s) 

0
leitor assíduo | 07 Junho 2019
Em respeito à tradição e aos católicos, a Diocese poderia iniciar a restauração da Catedral, irresponsavelmente descaracterizada com a retirada de vitrais e fechamento dos respectivos espaços com alvenaria para instalação de quadros internos representativos da via sacra, que poderiam ser dispostos sem ofensa à arquitetura original. Também, precisam ser resolvidas as questões relativas aos vitrais até hoje não colocados nas janelas e a construção do campanário com sinos de verdade para completar o projeto. A Igreja poderia assumir esse trabalho, ou a Diocese, fazer campanha para realizar as obras. Não faltaria colaboração.