OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO EM OPERAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA (17/6) NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA TRALHADOR SÃO-CARLENSE (RODOVIÁRIA/USP) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (BAIRRO/shopping) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA MIGUEL PETRONI - (RODOVIA/CENTRO) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

O secretário de Educação de São Carlos, Nino Mengatti, se reuniu na última terça-feira (21/5), na capital, com o atual secretário de Educação do Governo do Estado, Rossieli Soares, para discutir os programas educacionais, convênios e parcerias do Estado com os municípios. 

A principal pauta da reunião foi a construção de um Centro Municipal e Educação Infantil (CEMEI) no Planalto Verde, obra já anunciada pelo Governo do Estado, porém ainda não iniciada.

“Rossieli Soares confirmou a construção da escola e no próximo mês de junho vem a São Carlos, a convite do prefeito Airton Garcia, para o lançamento da pedra fundamental do CEMEI do Planalto Verde. A visita do secretário estadual de Educação ficou pré-agendada para o dia 8 de junho”, confirma o secretário Nino Mengatti.

O investimento por parte do Governo do Estado será de R$ 2,7 milhões. A escola vai atender 260 alunos da educação infantil na faixa etária de 0 a 6 anos.

A inclusão no orçamento do estado de recursos para a construção de uma CEMEI no distrito de Água Vermelha foi outra reivindicação feita pelo secretário de São Carlos.

Também participaram da agenda na Secretaria Estadual de Educação o vereador Roselei Françoso, a diretora de Supervisão, Alessandra Marques Cunha e a chefe da Seção de Orçamento, Eliana Moraes. 

Mais vagas – A Prefeitura de São Carlos está construindo, em parceria com Governo do Estado eFundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), três novas escolas, duas estão sendo levantadas no Residencial Eduardo Abdelnur, na região da Água Fria. O CEMEI Carminda Nogueira de Castro Ferreira, obra estimada em R$ 1.607.742,92, será do tipo 2, com capacidade para atender cerca de 200 alunos na educação infantil na faixa etária de 0 a 6 anos.

Já a EMEB Ulysses Ferreira Picollo está sendo construída em parceria com a Caixa Econômica Federal, por meio do projeto “Espaço Educativo Urbano”. O prédio terá capacidade de atendimento de até 780 alunos, em dois turnos (matutino e vespertino), e 390 alunos em período integral. São 12 salas de aulas, além de uma quadra poliesportiva coberta para atender alunos do ensino fundamental. No total serão investidos R$ 4,8 milhões.

No Jardim Araucária a Prefeitura está construindo a EMEB Alcir Afonso Leopoldino. A unidade vai atender cerca de 200 alunos, do primeiro ao quinto ano, um investimento de R$ 1.464.799,87.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo