Imprimir esta página

A quinta edição da Jornada de Pediatria – que reúne as jornadas da Santa Casa Dr. Jorge Calil Mendjoud e de Especialidades Pediátricas da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) – é um evento que a cada ano ganha uma abrangência maior no Estado.

Para 2019, consolida-se a parceria entre os profissionais que atuam na Pediatria como: médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, além de alunos de graduação e pós-graduação da área de saúde, que buscam por aprimoramento e intercâmbio entre as especialidades, para um tratamento mais unificado ao paciente.

O evento acontecerá nos dias 3 e 4 de maio – confira a programação em detalhes no site www.santacasasaocarlos.com.br.  Os temas da jornada serão abordados usando (através de ) dois  eixos:  oficinas teórico-práticas e debates teóricos através de conferencias e sessões de casos clínicos (conversas com especialistas). Todos focados na reflexão sobre os cuidados com a saúde nas várias fases da vida desde o recém-nascido até a adolescência.

A Jornada terá a participação da médica nefrologista da Espanha, Dra. Maria Isabel Luís Yanes que irá apresentar um panorama da Pediatria em seu país com a conferência: Atención pediátrica en España, desde los centros de salud al hospital. ¿Un modelo a seguir?

A noite de abertura contará ainda com a palestra “Programação Metabólica” com o Prof. Dr. Carlos Alberto Nogueira de Almeida que ( irá discutir o conceito de que todo o evento que acontece com o indivíduo, na vida intrauterina e na lactação, pode ter repercussões na vida adulta).

A jornada, dentro do eixo prático-teórico, oferece uma série de oficinas, entre elas: Reanimação Neonatal, Comunicação de Más Notícias e Emergência Pediátrica que serão realizadas na manhã e tarde do dia 3 de maio.

Esse ano será abordado pela primeira vez tema ligado a psiquiatria com a conferência “Suicídio e Comportamentos Autolesivos “ que será apresentada pela Dra. Anna Paola Vinci Martini Chiarelli.

A palestra irá tratar de diversos aspectos dos comportamentos autolesivos em adolescentes.  O tema é de grande relevância por sua incidência, gravidade e risco, e também por representar um sofrimento significativo e tratável para indivíduos nessa faixa etária.

A jornada é voltada a profissionais que atuam com crianças e adolescentes como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, além de alunos de graduação e pós-graduação de cursos na área da saúde.

O conceito fundamental do evento é atualizar e promover o intercâmbio de conhecimentos sobre pediatria para garantir a plena assistência aos pacientes: crianças saudáveis agora serão adultas felizes no futuro.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.