OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO EM OPERAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA (27/5) NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - Avenida Comendador Alfredo Maffei - (BAIRRO/centro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - Rua José Bonifácio x Rua 1º de Maio (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - Rua Coronel José Augusto de O. Salles  (CENTRO/bairro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 kM/H.

O presidente da Câmara Municipal, Lucão Fernandes (MDB), fez referência ao Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado nesta quinta-feira (21) ao homenagear e enaltecer a atividade da aprendiz Naiane Navarro, a Naná, portadora da síndrome e contratada pelo Legislativo  conforme a Legislação Federal. Naná sucede à primeira aprendiz  com síndrome de down contratada em 2017, Ana Caiari Ferreira Domingues, a Tita, que trabalhou na assessoria da presidência  durante um ano e meio.

Lucão destacou a importância da inclusão de deficientes no serviço da Casa e em tarefas do cotidiano, como forma de contribuir para que jovens desenvolvam seu potencial,  se tornem responsáveis e ampliam seus vínculos sociais. “Todos nós ficamos muito felizes em constatar a dedicação da Tita e agora da Naiane na Câmara Municipal. Ambas comprovam a importância dessa iniciativa, que deve a meu ver, ser incentivada tanto no setor público quanto no setor privado”, disse o presidente da Câmara.

O Dia Internacional da Síndrome de Down é celebrado em 21 de março (21/3), fazendo alusão aos 3 cromossomos no par número 21, característico das pessoas com Síndrome de Down. A data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade. No Brasil existem aproximadamente 300 mil pessoas com síndrome de down, segundo dados do IBGE. A inclusão dessas pessoas na vida escolar e profissional aumenta sua possibilidade de desenvolvimento, além de reforçar para sociedade a necessidade de respeito às diferenças, quaisquer que sejam.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo