Imprimir esta página

O Programa “São Carlos Verde – Arborização Urbana” realizou o plantio de 50 árvores nas ruas do alto da cidade. Nessa fase, o programa contou com o apoio da Escola Estadual Sebastião de Oliveira Rocha, onde foram plantadas 32 árvores.

Realizado pela EccOPolis, em parceria com a Prefeitura e apoio da iniciativa privada, o São Carlos Verde visa aumentar a área verde dentro da cidade através do plantio de árvores nas calçadas. “Um dos objetivos da Prefeitura é ampliar nossa capacidade de arborização. São Carlos precisa ter mais árvores por habitante e um dos processos desenvolvidos é com parcerias. A ajuda da iniciativa privada acelera o processo de arborização”, disse o secretário de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, José Galizia Tundisi.

Mesmo com tantos benefícios, nem sempre é fácil plantar uma árvore. “A parte mais difícil é convencer os proprietários de imóveis. Se de um lado tem a aceitação de algumas pessoas que gostam e elogiam o trabalho, por outro ainda temos bastante rejeição. Na região central, o principal motivo para a recusa é o uso dos imóveis para comércio e a preocupação com a garagem”, contou Ricardo Deangelo, idealizador e responsável pelo Programa.

Escola Educativa, Imobiliária Cardinali e Bianco Engenharia apoiam o Programa “São Carlos Verde – Arborização Urbana”. As árvores foram plantadas nas ruas São Sebastião, Padre Teixeira, Marechal Deodoro, Capitão Adão de Souza Cabral e Major Júlio Salles. No entorno da Escola. “A participação das crianças foi muito boa. Além do plantio, tivemos a oportunidade de falar das questões ambientais e também fazer um paisagismo ao redor da escola que não tinha quase árvores”, disse Ricardo.

Para a diretora da escola, uma iniciativa importante com a comunidade escolar. “A questão da arborização é um tema bastante atual e importante para a cidade. Os estudantes participaram do plantio e serão responsáveis pela manutenção das árvores e do cuidado com elas. Além do aprendizado sobre as espécies, eles também serão incentivadores de ações como essa nos seus bairros”, disse Lucinei Aparecida Tavoni Bueno, diretora da Escola Estadual Sebastião de Oliveira Rocha.

Promover a arborização das cidades é estratégia para amenizar muitos problemas. “Nosso trabalho também é de incentivar a população sobre os benefícios das árvores para a comunidade. E quanto mais árvores nós tivermos, considerando que as mudanças climáticas vão atuar fortemente nas áreas urbanas, maior será a nossa adaptação para as mudanças climáticas”, concluiu o secretário de Meio Ambiente.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.