NESTA SEGUNDA-FEIRA (21/01/19) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 - AVENIDA Trabalhador são-carlense (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA Trabalhador são-carlense (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Rua Miguel Petroni (CENTRO/RODOVIA) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

 

 

 

Duas semanas após o início das atividades, o Grêmio Sãocarlense defronta seu primeiro desafio nesta sexta-feira (30). Formado – por enquanto – por atletas Sub-20 e outros um pouco mais experientes que passam por um processo de avaliação, o Lobão mede forças contra um combinado de jogadores profissionais e Sub-20 da Ferroviária às 9h30, no CT Pinheirinho, em Araraquara.

Despreocupado com relação ao tempo de trabalho, o treinador Anderson Florentino prega respeito ao adversário, pontuando que o objetivo gremista na partida é conhecer melhor seus atletas a fim de saber se reúnem condição de disputar o Campeonato Paulista – Segunda Divisão pela agremiação são-carlense.

“O mais importante neste jogo-treino será observar os jogadores Sub-20, que subiram para o profissional e irão mostrar se têm possibilidade de integrar o elenco, e também aqueles que estão em avaliação. Nosso período de treinamentos é curto, mas começou cedo em relação aos adversários da divisão e, logicamente, a parte física e o entrosamento ainda não estão nem próximos do ideal. No entanto, vale a experiência por ver como estes jogadores se portam diante de uma equipe preparada, que conta com profissionais não utilizados na Copa Paulista e outros Sub-20 se preparando para a Copa São Paulo de Futebol Júnior”, ressalta o treinador.

A opção pela Ferroviária como primeiro teste não foi por acaso. Afinal, na visão de Florentino, o Grêmio precisa medir forças contra oponentes de alto nível técnico para obter parâmetros para o Campeonato Paulista. A AFE, em 2019, fará parte da elite do estadual pelo quarto ano consecutivo.

“Temos que treinar contra equipes fortes. O nosso período de treinos é pequeno até agora, mas é diante de adversários qualificados que veremos quem pode integrar nosso time profissional. A cada dia, temos procurado profissionalizar o clube ao máximo, e estes jogos, em que o que menos importa é o resultado, fazem parte deste processo para criarmos um elenco competitivo e vencedor”, acrescenta.

De toda forma, até o início do Campeonato Paulista, o Grêmio pode apresentar diversas variações numéricas dentro de campo, dependendo daquilo que for mostrado pelos atuais atletas e também do apoio de diversos setores são-carlenses.

“Ainda não sabemos ao certo como será o nosso time, pois dependemos primeiramente daquilo que os nossos atuais atletas apresentarem nos jogos-treinos para sabermos quantos outros precisaremos contratar e, em cima disso, da qualidade daqueles que iremos trazer baseado em nossa realidade financeira. O Grêmio tem como propósito seguir sem se endividar, então, dentro daquilo que conseguirmos de apoio, poderemos traçar uma diretriz mais detalhada de quanto teremos mensalmente para formar o grupo e consequentemente representar bem a cidade na Segunda Divisão”, completa Florentino.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo