NESTA TERÇA-FEIRA (15/10) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1- AVENIDA GETÚLIO VARGAS (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AV.DR. HEITOR JOSÉ REALLI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - RUA JOSÉ BONIFÁCIO X RUA 1º DE MAIO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

 

Depois de quase 6 horas de reunião, as empresas Suzantur e Athenas Paulista chegaram a um acordo sobre a transferência dos validadores da bilhetagem eletrônica. Os mediadores deste acordo foram a juíza da Vara da Fazenda Pública de São Carlos, Gabriela Müller Carioba Attanasio, o promotor público Denílson de Souza Freitas e o defensor público Danilo Mendes Silva de Oliveira.

Até sexta-feira, a Athenas Paulista deve transferir 40 validadores, uma média de 10 equipamentos por dia. A instalação deverá ser acompanhada por técnicos das duas empresas. A Suzantur pagará um aluguel pelos equipamentos de R$ 150 mil por um prazo de 60 dias. A falta de acesso à tecnologia estava causando um prejuízo diário estimado em R$ 25 mil à empresa que opera o transporte público em caráter emergencial.

A reunião foi realizada no Fórum Cível e contou ainda com as presenças dos advogados da empresa Athenas Paulista, Edgar Nori, da Suzantur, Arlindo Basílio, além do sócio-proprietário da concessionária, Claudinei Brogliato, o prefeito Paulo Altomani (PSDB) e o secretário de Transportes e Trânsito, Márcio Marino.

O prefeito Paulo Altomani (PSDB) acredita que até segunda-feira, o sistema de bilhetagem da Suzantur esteja em pleno funcionamento. “E o mais rápido possível esperamos que a empresa comece a operar a venda dos créditos. Foi uma conciliação interessante, que certamente vai normalizar o transporte de passageiros da zona sul, evitando, inclusive, a superlotação”.

O promotor Denílson de Souza Freitas diz que mais um obstáculo foi superado na transição de empresas do transporte urbano.

 

Ele também informou que ficou definido que a empresa tem até segunda-feira (5) para resolver problemas como atrasos e superlotação. "Nós colocamos até o dia 5, segunda-feira, o compromisso para a Suzantur de regularizar esse serviço, parando com os problemas de superlotação, cessando os problemas de atraso", disse o promotor.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo