NESTA SEXTA-FEIRA (14/12/18) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – RUA CORONEL JOSÉ AUGUSTO DE OLIVEIRA SALLES, PRÓXIMO AO SESI - CENTRO/BAIRRO - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 – RUA CORONEL JOSÉ AUGUSTO DE OLIVEIRA SALLES, PRÓXIMO AO SESI - BAIRRO/CENTRO - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3 – AVENIDA GETÚLIO VARGAS OPOSTO AO GINÁSIO MILTON OLAIO FILHO - CENTRO/BAIRRO - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 M/H.

 

 

Hoje a Fundação Casa de São Carlos completou 1 ano de atividade. Neste período a unidade de internação de adolescentes já atingiu sua capacidade máxima.


A unidade da Fundação Casa foi construída em uma área com 6.543 m2, está localizada na rua José Andrielli, Chácara 48, do loteamento Chácara das Flores, no bairro Hipódromo.

Ela tem capacidade para abrigar 56 adolescentes, sendo que 40 vagas são para a internação e 16 de internação provisória (custódia).

Em entrevista à reportagem da [i]Intersom[/], o diretor da unidade, Roberto Carlos Damásio, confirmou que a unidade já está no limite da capacidade.

“A Fundação Casa oferece a oportunidade de inserção dos jovens à sociedade. Quando atinge o limite, nós os reconduzimos a uma unidade próxima da cidade, pois o objetivo da Fundação é manter o jovem o mais próximo da família”, informou.

A Fundação Casa de São Carlos foi alvo de muitas polêmicas. Um segmento político da cidade era contrário a sua instalação, pois acredita que o NAI (Núcleo de Atendimento Integrado) cumpre o papel de inserção do jovem em conflito com a lei.

O NAI continua seu trabalho na cidade. Hoje, em parceria com a Casa e a unidade de Semiliberdade, que funciona no centro de São Carlos.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo