NESTA TERÇA-FEIRA (11/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 – RUA JOSÉ BONIFÁCIO X RUA 1º DE MAIO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

O presidente da Câmara de São Carlos, Edson Fermiano (PR), informou, durante a sessão da Câmara de terça-feira (25), que decisão sobre horário dos trabalhos do Legislativo deve ser decidido na semana que vem.


Fermiano informou que a emenda à Lei Orgânica deve ser colocada em pauta para o dia 1º de fevereiro. Nesse dia, a sessão começa às 18h30.

Parte dos vereadores defende o início das sessões para as 15h. Entretanto, outro grupo quer as sessões ao período noturno.

[n]Requerimentos[/]

Outro assunto que despertou polêmica entre os vereadores foi o excesso de requerimentos colocados em discussão na sessão de terça - 28 no total - sendo 19 de autoria do vereador Dé Alvim (PT).

Equimarcílias Freire (PPL) criticou o colega Antônio Carlos Catharino (PTB) por solicitar destaque na maioria dos requerimentos, o que "travou" o andamento da sessão.

Sobre a nota em que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) afirmando que São Carlos tem 984 cargos de confiança, os vereadores Normando Lima (PSDB) e Júlio César (DEM) fizeram críticas.

"Precisamos diminuir o número de cargos de confiança e investir mais recursos em saúde", disse Júlio César.

Segundo o TCE tem 28,1% de cargos comissionados. O vereador Ronaldo Lopes (PT) afirmou que os dados do Tribunal estão errados e que a porcentagem dos cargos de confiança não passam de 11% e que a secretária de Administração, Ana Ponce, já pediu a reparação dos dados do Tribunal.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo