O Diário Oficial do Município desta sexta-feira (27/03) publica a Portaria Nº 09/2020, assinada pelo secretário municipal de Transporte e Trânsito, Antônio Clóvis Pinto Ferraz (Coca Ferraz), autoridade de trânsito do município de São Carlos, suspendendo no período de 27 de março a 30 de abril de 2020 a fiscalização por meio dos três radares móveis.

Já é tradição da Igreja no Brasil, anualmente, a quarta-feira de Cinzas ser um marco para duas frentes: a primeira, é o início da Quaresma, período preparatório de 40 dias para a Páscoa do Senhor, e a outra, a Campanha da Fraternidade (CF 2020), promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) desde 1964, que a cada ano reflete sobre uma temática específica, como família, políticas públicas, saúde, trabalho, educação, moradia e violência, entre outras. 

A Diocese de São Carlos, está empenhada em levar ao povo de Deus a temática apresentada na CF 2020 que busca conscientizar, à luz da palavra de Deus, para o sentido da vida como dom e compromisso, que se traduz em relações de mútuo cuidado com as pessoas, a família, a comunidade, a sociedade e o planeta, casa comum.

Com o tema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34) e o lema “Fraternidade e vida: dom e compromisso”, a CF 2020 faz referência a parábola do bom samaritano, que, além de ser uma passagem bíblica clássica vai ao encontro da vida e missão de Santa Dulce dos Pobres, o “Anjo Bom da Bahia”, a representação de um "bom samaritano", recém-canonizada pela Igreja Católica. 

Esta campanha será uma motivação para olharmos, transversalmente, as diversas realidades, interpelando todos sobre o respeito à vida, em suas diversas dimensões: pessoal, comunitária, social e ecológica. 

Infelizmente, estamos vendo muitos casos de abandono, de racismo, homofobia, violência contra mulher, bullying. São muitas pessoas em sofrimento, em depressão. Nós, enquanto cidadãos, podemos cuidar mais de quem está próximo de nós, acolher, dar um abraço, atender as necessidades, inclusive materiais, o texto-base da CF 2020, dividido em três partes, convida cada pessoa, cada grupo pastoral, movimento, associação, Igreja Particular e o Brasil inteiro, motivados pela Campanha da Fraternidade, ver fortalecida a revolução do cuidado, do zelo, da preocupação mútua e, portanto, da fraternidade. 

Coleta Nacional 

No dia 5 de abril, domingo de Ramos, a Igreja no Brasil realiza a Coleta Nacional da Solidariedade, um gesto concreto, por meio do qual os fiéis demonstram seu comprometimento com a evangelização e promoção da dignidade dos pobres e oprimidos. 

Do montante arrecadado na Coleta, 60% é utilizado para dar apoio a projetos sociais da própria diocese. Com esses 60%, a Cáritas Diocesana ajuda nossa a administrar esse fundo, apoiando e criando projetos sociais em toda nossa diocese. E 40% vão para o Fundo Nacional de Solidariedade, gerido pela própria CNBB. O dinheiro é utilizado no fortalecimento da solidariedade entre as diferentes regiões do país, em projetos sociais aprovados pela CNBB a cada ano.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo