NESTA SEGUNDA-FEIRA (24/02/2020) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (SHOPPING/ BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

.

O Governador João Doria encerrou nesta quarta-feira (12), nos Emirados Árabes Unidos, a nona e maior missão de negócios do Estado de São Paulo no mercado externo. A estimativa é que os aportes árabes no plano de desestatização de São Paulo alcancem até R$ 30 bilhões até o final de 2022. 

“O foco prioritário de nossa missão foi o programa de desestatização do Governo de São Paulo. Temos 21 projetos, especialmente nos setores de transportes e saneamento. São R$ 30 bilhões como expectativa de participação dos fundos de investimentos nos próximos três anos”, disse Doria. 

O Governador se reuniu com diretores dos grupos Mubadala e Abu Dhabi Investment Authority (ADIA), que são os maiores fundos soberanos dos Emirados. As principais oportunidades apresentadas aos árabes foram os projetos de concessões e ampliações de rodovias, ferrovias, metrô, aeroportos e da hidrovia Tietê-Paraná, além de serviços da Sabesp. 

Durante quatro dias, Doria cumpriu agendas em Abu Dhabi e Dubai acompanhado por integrantes do Secretariado do Estado de São Paulo e uma comitiva de 47 empresários. A iniciativa permitiu o fechamento de novos negócios entre investidores brasileiros e empreendedores árabes. 

“Vale destacar US$ 3,2 bilhões de investimentos privado para privado nos próximos 18 meses e que serão feitos, principalmente, na exportação de produtos e serviços brasileiros de São Paulo para o Oriente Médio, Norte da África e Ásia por intermédio de tradings sediadas em Dubai”, declarou o Governador. 

Durante a missão de negócios, a comitiva de São Paulo também inaugurou um escritório comercial em Dubai em parceria com o governo local e fechou acordo para levar dez startups paulistas a uma incubadora de novos negócios em Abu Dhabi. 

A criação de um segundo voo diário da Emirates Airlines entre o aeroporto internacional de Cumbica e Dubai em 2021 e a participação de São Paulo na Expo Dubai 2020 – uma das principais feiras internacionais de inovação e economia criativa – foram outros destaques dos trabalhos realizados pelo grupo liderado por Doria no Oriente Médio.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo