NESTA TERÇA-FEIRA (20/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida Trabalhador SÃO-carlense (bairro/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Rua Joaquim Rodrigues Bravo (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Avenida Bruno Ruggiero Filho (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A CAIXA tem disponível, para o ano safra 2018/2019, R$ 1 bilhão para linha de crédito rural do PRONAMP, destinada ao médio produtor rural. O financiamento tem limite de até R$ 1,5 milhão por ano safra, taxa de juros de 6% a.a, e prazo de até 12 meses. As condições são válidas até o encerramento do ano safra vigente, que ocorre no mês de junho de 2019, em todas as mais de 1.700 agências da CAIXA habilitadas a atuar com o crédito rural. 

Na região de Piracicaba, que inclui também Rio Claro, Araras, São Carlos, Limeira e outros 42 municípios, estão disponíveis R$60 milhões.

Por meio da linha de crédito, é possível financiar custos com aquisição de animais para recria e engorda, insumos agropecuários, sementes, fertilizantes, medicamentos veterinários e rações, entre outras despesas do ciclo de produção. Para elaborar as propostas de crédito rural, a CAIXA conta com cerca de 2.600 empresas de assistência técnica (ATER), que possuem consultores rurais habilitados para elaborar as propostas de crédito rural.

Para o superintendente regional da CAIXA, José Luiz Pavanelli, a agilidade na tomada dos recursos pelo produtor facilita sua produção agropecuária e a realização do plantio no momento correto. “O momento é oportuno para que os produtores rurais possam tomar financiamento com taxas do PRONAMP, de forma a otimizar seu fluxo financeiro para aquisição dos insumos de suas atividades”, destaca. 

Enquadram-se como médio produtor os clientes que possuem renda bruta anual de até R$ 2 milhões, considerando a soma de todo o valor bruto de produção, a receita recebida de entidade integradora e demais rendas provenientes de atividades desenvolvidas, incluindo rendas não agropecuárias.



Comentário(s) 

-1
Sancho | 12 Junho 2018
Nossa! O Zelão falou e o colunista recuou.
Reuniões na acisc ninguém foi? como assim, a acisc virou instituição pública, é lá agora que se decide as coisas públicas?
Qual é o telefone da acisc, vou solicitar o asfaltamento da minha rua.

Era só o que faltava, senhores façam o favor!
0
Silvio | 11 Junho 2018
Professor da USP sobre a Abertura do Calçadão: O Centro é a memória e a alma da cidade
Uma audiência pública de rotina na Câmara Municipal se transformou, nesta quinta feira, na prova de que a proposta de abrir o calçadão e a praça do Mercado para o tráfego e estacionamento de automóveis está muito longe de ter a concordância da população de São Carlos.
0
Cesar | 10 Junho 2018
Está certo, tem que abrir o calçadão; façam igual a GM, com coragem colocaram as armas no cinturão e pronto, que esperar o que, estão fazendo mais que a PM e PC juntas. Parabéns.
+3
Na dúvida | 09 Junho 2018
Deixa eu entender:
O super secretário Márcio Marino proibiu o o transito de qualquer veículo sobre o calçadão, motivo, estava tudo afundando.
Com uma certa frequência aparece um vazamento de água sem passar carro. Passando carro o que vai acontecer?
Quem esta certo?
o super secretário ou o atual super secretário?
+2
leitor assíduo | 08 Junho 2018
A respeito do tópico "sucateamento" qualquer observador atento percebe a falta de comprometimento de alguns prefeitos com o povo de São Carlos. Basta ver quem fez vidinha, enriqueceu ou permitiu que assessores enriquecessem no exercício do cargo. Alguns escafederam-se do município depois de verem naufragar projetos políticos individualistas, travestidos de interesse social. Outros, à semelhança dos paus-mandados, vicejaram profissional e politicamente à sombra de supostas competências [...]istrativas e voltaram à insignificância de sempre, após derrota em eleição praticamente ganha. Houve até quem cumprisse pena por delitos cometidos em mandato eletivo que permitiu endinheirar leão de chácara, além de competidor vintenário que sequer tinha plano de governo ao assumir o cargo.
+5
Jane | 08 Junho 2018
Esse ano vai ser o melhor ano dos políticos carlopolitanos! Obra no calçadão, licitação de ônibus, licitação da limpeza urbana, licitações na merenda, e mais duas ou três obras. Estão esperando por isso desde o início dessa gestão. Aposentadoria garantida! Yahoooooo
+4
Eleitor | 08 Junho 2018
O cara é contra a abertura do calçadão, e não sabe porque é contra, vão se ferrar. Ser contra a abertura de um "treco" daquele
é coisa de gente sem noção mesmo.
+8
jardim zavaglia | 08 Junho 2018
Pela primeira veiz agente tava acreditando que a proteção animal estava trabalhando pensando só nos animais e na gente. Essa semana varias pessoas ligou la pra recolherem um animal abandonado nu frio mas eles nem atendem o telefone e quando atendem dão um monte de desculpa,podem tenta pra ve si to mentindo. A gente ligava direto pru celular do Narrara e ele vinha na mesma hora e resolvia o problema e ainda almentou o numero de castracão pra gente. Hoje temo um monte de animal pra castrar e temo que ficar mendingando castração pra ela que ainda cobra e engana falando que ta tentando ageita quando na verdade ela ta tentando por di novo alguem dela pra continua ganhando voto usando os animais.