NESTA SEGUNDA-FEIRA (12/11/18) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – RUA LOURENÇO INNOCENTINI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - RUA LOURENÇO INNOCENTINI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H. 

RADAR 3 - RUA DR. MARINO DA COSTA TERRA (CENTRO/BAIRRO) – VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

A diplomação do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e seu vice, general Hamilton Mourão (PRTB), foi antecipada para o dia 10 de dezembro. A cerimônia será às 11h, no Plenário do Tribunal Superior Eleitoral.

O motivo da antecipação é a cirurgia à qual Bolsonaro será submetido no dia 12 de dezembro, para a retirada da bolsa de colostomia — usada desde que ele levou uma facada, em 6 de setembro.

Pela manhã, a Presidência do TSE contatou o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, coordenador do governo de transição e anunciado como futuro ministro-chefe da Casa Civil, para discutir a solenidade antes de 19 de dezembro, conforme previsto anteriormente. Essa era a data limite para o ato.

No contato com Lorenzoni, o TSE sugeriu que a campanha de Bolsonaro antecipasse em cinco dias sua prestação de contas final, cujo prazo é 17 de novembro.



Comentário(s) 

0
leitor assíduo | 09 Novembro 2018
Bolsonaro sozinho e com pouco dinheiro humilhou a esquerda caquética, hipócrita e corrupta que enganou os brasileiros por tanto tempo. Os cães ladram e a caravana passa! Se Bolsonaro não fizer o governo que se espera, higienizando o poder e prendendo os ladrões, a sociedade saberá tirá-lo do governo, mas a esquerda festiva e a esquerda mentirosa nunca mais serão eleitas democraticamente, se bem que, a considerar a fala do condenado zé dirceu e a delação e a carta de desfiliação do delator palocci, as vertentes oportunistas do socialismo tupiniquim devem afogar-se na própria lama e sucumbir ao veneno de suas línguas ferinas e maldizentes.