NESTA SEXTA-FEIRA (14/12/18) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – RUA CORONEL JOSÉ AUGUSTO DE OLIVEIRA SALLES, PRÓXIMO AO SESI - CENTRO/BAIRRO - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 – RUA CORONEL JOSÉ AUGUSTO DE OLIVEIRA SALLES, PRÓXIMO AO SESI - BAIRRO/CENTRO - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3 – AVENIDA GETÚLIO VARGAS OPOSTO AO GINÁSIO MILTON OLAIO FILHO - CENTRO/BAIRRO - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 M/H.

 

 

Diante do julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quarta-feira (4), pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal Lobbe Neto, do PSDB paulista, demonstrou expectativas pela decisão do Colegiado Supremo. 

Para o tucano, a população brasileira anseia justiça e cobra a condenação do petista. “Estamos aqui na Câmara dos Deputados, mas está uma expectativa a respeito do que acontece no Supremo Tribunal Federal. Todos nós estamos apreensivos, aliás, toda nação, de como será o julgamento”, afirmou. 

Lula já teve a condenação confirmada em segunda instância – pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. Foram 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex em Guarujá (SP). A decisão do STF deve definir quando e se o petista poderá ser preso por causa da condenação. 

Lobbe Neto cobrou bom senso dos ministros e reiterou que a justiça vale para todos, inclusive, políticos. “Espero que os ministros tenham bom senso, tenham bom pensamento, trabalhando pelo bem comum. Ninguém está acima da lei e a justiça tem que ser feita”, ressalta.  

A região central de São Paulo também já demonstrou que está contra a concessão do habeas corpus para o ex-presidente. Na noite desta terça-feira (3), centenas de manifestantes protestaram nas cidades de São Carlos, Pirassununga, Rio Claro e Araraquara. Todos os atos foram pacíficos e nenhuma ocorrência foi registrada.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo