NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

O presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), professor Newton Lima, fechou duas parcerias com órgãos internacionais para melhorar os serviços prestados pelos hospitais filiados. Os acordos preveem trocas de boas práticas com instituições de excelência na área hospitalar.

“O objetivo é sempre melhorar os serviços prestados nas áreas de assistência, ensino e pesquisa”, destacou Newton Lima.

O primeiro acordo, assinado com a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) busca identificar experiências de sucesso dos países membros do órgão internacional e que possam ser replicadas nos hospitais da Ebserh. O termo foi firmado na cidade de Madri, na Espanha, sede da OEI.

A iniciativa ainda conta com intercâmbio de conhecimentos e experiências, estudos destinados à modernização da gestão nos hospitais, formação de profissionais especializados na área de saúde.

Inovação no ensino

Ainda na Espanha, o presidente da estatal assinou parceria com a Fundação Pública Andaluza Progresso e Saúde (FPS), organização do Setor Público espanhol. O acordo, que estabelece a troca de informações que possam potencializar e desenvolver programas de interesse comum, foi assinado na cidade de Granada.

A instituição espanhola se destaca pelo uso intensivo de metodologias inovadoras de ensino, como a simulação robótica, a simulação virtual, a simulação cênica, a cirurgia experimental e o e-learning.

A simulação robótica feita no local, por exemplo, emprega manequins que agem e reagem de forma similar ao ser humano em determinados processos patológicos. Isso permite ao estudante atuar em contornos muito próximos da realidade.

“É um privilégio para a Ebserh fechar acordos internacionais com organizações que têm grande experiência em gestão hospitalar”, finalizou Lima.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo