NESTA SEGUNDA-FEIRA (21/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - RUA RAY WESLEY HERRICK (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - RUA DR. MARINO DA COSTA TERRA  (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3 - RUA LOURENÇO INNOCENTINI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Os caminhoneiros protestam em duas rodovias federais em Mato Grosso, na manhã de hoje (27), pela fixação de um valor mínimo para o frete, segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgado hoje (27). De acordo com o órgão, duas rodovias federais estão parcialmente interditadas: BR-163 e BR-364.

Na BR-163, os caminhoneiros ocupam os quilômetros (km) 748, próximo ao município de Sorriso, o km 598, perto de Nova Mutum e também o km 686, no município de Lucas do Rio Verde. Na BR-364, eles estão na altura do km 615, próximo ao município de Diamantino.

Os motoristas mantêm a greve desde o dia 22, quando fracassou a tentativa de acordo com o governo federal sobre a criação de tabela mínima de frete para o transporte de mercadorias. Os caminhoneiros alegam que a medida traria mais proteção à categoria em casos de oscilação do mercado.

O governo pretende criar uma tabela referencial para os custos de frete. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou no Diário Oficial da União, na última sexta-feira (24), uma resolução para instituir procedimento para a elaboração da tabela.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo