NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

O deputado federal Lobbe Neto (PSDB-SP) comemorou a aprovação, nessa semana, do Projeto de Decreto Legislativo 1442/14, que suspende parcialmente a Portaria 1.253/12, do Ministério da Saúde.

Lobbe explica que essa suspensão evita a recusa do exame de mamografia às mulheres na faixa de idade de 40 a 49 anos no Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de recursos do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec). A matéria deve ser votada no Senado.

"A portaria permite a mamografia com recursos desse fundo apenas para a faixa etária de 50 a 69 anos, alterando a Tabela de Procedimentos do SUS. Aprovado no Senado e sancionado pela presidência, passará a contemplar as mulheres de 40 a 49 anos de idade", contou.

O parlamentar ressalta que a lei aprovada pelo Plenário da Câmara dos Deputados segue dados técnicos para obrigar a idade mínima de 40 anos para mamografias e não poderia ter sido desrespeitada por uma resolução. "Dados do Atlas de Mortalidade por Câncer do Inca apontam um índice de 10,7% de mortes por câncer de mama entre mulheres na faixa etária de 40 a 49 anos, em relação ao total de mulheres que tiveram óbito por essa doença em 2011, por isso, votei favoravelmente para que o exame contemple também essa faixa etária, ajudando a evitar mortes por câncer de mama em nosso país", finalizou Lobbe.

Carreta "Mulheres de Peito"

Com o objetivo de promover um rastreamento contínuo do câncer de mama, visando à detecção precoce de tumores malignos inclusive em fases em que a mulher não apresenta nenhum sintoma, o Governo do Estado lançou em dezembro de 2013, o programa "Mulheres de Peito", que atende mulheres acima dos 35 anos.

Atualmente, a carreta está estacionada na Praça Maria Aparecida Resitano (Praça do Mercado Municipal), em São Carlos, e permanecerá entre os dias 25 de março a 20 de abril.

São distribuídas 50 senhas diárias de segunda à sexta-feira, das 9h às 20h, e 25 senhas aos sábados, das 9h às 13h. As imagens captadas pelos mamógrafos serão encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria Estadual da Saúde, situado na capital paulista, que emite os laudos à distância.

O equipamento faz a mamografia e o resultado fica pronto em dois dias. Se houver alguma suspeita, faz-se a ultrassonografia na própria carreta. Em caso de necessidade, também serão realizados exames como biópsia e exame de tecido (histológico). Caso seja diagnosticado câncer, a mulher é encaminhada para tratamento.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo