NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

O aumento do percentual de etanol na gasolina para até 27,5% foi aprovado, nesta quarta-feira (6/8), pela Câmara dos Deputados. A nova regra foi inserida no texto da Medida Provisória (MP) nº 647 de 2014, graças à emenda apresentada pelo deputado federal Newton Lima (PT/SP), que comemorou a aprovação da medida. "O aumento do percentual de etanol na gasolina dará impulso ao setor sucroenergético que é estratégico para a economia brasileira, porque gera milhares de empregos e utiliza tecnologia 100% nacional", afirmou Newton Lima. A MP segue agora para o Senado onde precisa ser votada até o dia 25 de setembro.

Atualmente, o limite de acréscimo de etanol à gasolina é de 25%. A emenda apresentada pelo deputado Newton Lima proporcionará aumento da rentabilidade da cadeia produtiva do setor sucroenergético. Estima-se que a medida trará mais estabilidade ao setor e contribuirá para o planejamento dos investimentos na produção. Por outro lado, a medida dará mais flexibilidade ao governo na elaboração das políticas públicas voltadas para o setor. A alteração na proporção de etanol na gasolina é um dos mais eficazes mecanismos de regular tanto o excesso de oferta e de demanda nos mercados de açúcar e álcool. Esse instrumento poderá ser usado pelo governo em benefício da estabilidade econômica, da geração de emprego, da eficiência energética e do meio ambiente.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo