NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

Cinco ônibus foram incendiados nesta noite na Avenida Crisóstomo Pimentel de Oliveira, devido a um tiroteio entre policiais militares e traficantes de drogas, no Morro do Chapadão,  em Costa Barros, subúrbio do Rio. O confronto resultou na morte de um adolescente de 17 anos.

Integrantes do 41º Batalhão de Polícia Militar (Irajá) fizeram uma operação na tarde desta segunda-feira (28) na comunidade. Segundo o comando do batalhão, o adolescente estava com uma pistola calibre 9 milímetros (mm) e um radiotransmissor, que foram apreendidos. Na ação, também foram recuperados um carro e duas motocicletas.

As armas dos policiais que participaram da operação foram apreendidas para serem periciadas e a ocorrência foi registrada na 39ª Delegacia Policial (Pavuna), que vai investigar as circunstâncias da morte do adolescente. Funcionários do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) fizeram perícia no local. Depois que os policiais deixaram a comunidade, cerca de 20 pessoas atearam fogo em cinco ônibus na Estrada Rio do Pau, na Pavuna. O policiamento está reforçado na região e o comércio foi fechado, por medida de segurança.

Inicialmente, quatro ônibus foram incendiados. Os manifestantes fizeram barricadas, impedindo a passagem das equipes do Corpo de Bombeiros, e atearam fogo em outro coletivo. A Polícia Militar está enviando para o local um carro blindado, o Caveirão, a fim de abrir passagem para que os bombeiros possam chegar ao local onde foi queimado o outro ônibus. Os cinco veículos foram totalmente destruídos pelas chamas, de acordo com o Corpo dos Bombeiros. O clima ainda é tenso na região e policiais do Batalhão de Choque também estão no local para dispersar a multidão.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo