NESTA SEXTA-FEIRA (25/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

A primeira prévia de abril do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,72%, taxa inferior à observada na prévia de março, que havia sido 1,16%. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), com o resultado preliminar, o índice acumula taxas de 3,29% no ano e de 7,92% nos últimos 12 meses.

A queda do índice foi provocada pelos preços no atacado, medidos pelo Subíndice de Preços ao Produtor Amplo, que tiveram uma inflação de 0,8% na primeira prévia de abril. Em março, a taxa havia sido 1,55%.

Os preços no varejo e na construção civil evitaram uma queda maior do índice. A inflação do Subíndice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, subiu de 0,51% na primeira prévia de março para 0,65% na prévia de abril. Já o Subíndice de Custo da Construção passou de 0,21% para 0,35% no período.

A primeira prévia de abril do IGP-M foi calculada com base em preços coletados entre os dias 21 e 31 de março.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo