NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

O dia de homenagens às vítimas do incêndio na Boate Kiss terminou na Praça Saldanha Marinho, no centro da cidade. Cerca de mil pessoas participaram de um encontro cultural e um ato ecumênico.

As atividades marcaram o encerramento do 1º Congresso Internacional Novos Caminhos, que discutiu, desde o último sábado (25), prevenção e segurança para que episódios como aquele de 27 de janeiro não se repitam. A mobilização foi organizada pela Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da tragédia (AVTSM).

Com camisetas, faixas e balões brancos, familiares e amigos carregaram cartazes com fotografias dos jovens, se abraçaram e fizeram orações. Por todos os lados era possível ver olhares perdidos e lágrimas. Em um dos momentos mais marcantes, quando os nomes dos 242 mortos na tragédia foram lidos e a cada leitura foram tocados tambores, os pais não contiveram a emoção.

Para o presidente da Associação, Adherbal Ferreira, as atividades dos últimos dias mostram que é preciso olhar para a frente. Satisfeito e emocionado, ele concluiu que "o sentimento agora é que a nossa vida continua, transformada, mas continua. Vamos continuar brigando por justiça, porque não há paz sem justiça. Temos que seguir, sabendo que vamos encontrar barreiras e teremos que ultrapassá-las".



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo