NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, reforçou hoje (22) a importância do cadastro único, criado em 2003 para unificar programas sociais do governo, no combate à pobreza extrema no país.

Ao comentar as mudanças no Programa Brasil sem Miséria, ela explicou que as medidas preveem custeio exclusivo por parte do governo federal. Com a ampliação, cerca de 2,5 milhões de beneficiários do Bolsa Família vão receber complemento para ultrapassar a renda de R$ 70 por pessoa, considerado o patamar que supera a linha da extrema pobreza. Segundo a ministra, a partir de março, nenhuma família cadastrada estará abaixo dessa linha.

"Viramos essa página da história tirando essas pessoas da miséria, mas isso é só o começo porque miséria não é só uma questão de renda. Queremos levar serviços, saúde, educação, oportunidade, creche, documentação civil, um conjunto de direitos, qualificação profissional, oportunidade de emprego", destacou, durante o programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC).



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo