NESTA SEGUNDA-FEIRA (28/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA DR. HEITOR JOSÉ REALLI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

Uma chuva de meteoritos na região dos Montes Urais, no Centro da Rússia, deixou mais de 400 feridos na madrugada de hoje (15). Segundo autoridades russas, a chuva começou após a desintegração de um meteorito considerado grande. A maioria dos feridos sofreu cortes depois que vidraças de prédios se estilhaçaram devido aos impactos.

Pelo menos 100 pessoas tiveram de ser levadas a hospitais para receber tratamento. O Ministério do Interior da Rússia informou que foram registrados estragos em seis cidades. Ao longo de vários quilômetros era possível ver rochas ardentes brilhantes, que deixaram um rastro de fumaça.

Na cidade de Chelyabinsk, uma das mais afetadas, moradores relataram que uma grande explosão foi ouvida e que a chuva de meteoritos provocou tremores de terra e disparos de alarmes de carros, além de deixar janelas estilhaçadas. A região é o centro industrial da Rússia e abriga fábricas, usinas nucleares e depósitos de resíduos nucleares.

O Ministério de Emergências informou ainda que especialistas em resgate foram enviados à zona afetada para ajudar no atendimento aos feridos.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo