NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA (03/06) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 – RUA MIGUEL PETRONI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 – AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M.MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

O vereador Marquinho Amaral, voltou mais uma vez a cobrar transparência nos gastos da Prefeitura Municipal no combate a Pandemia do Coronavírus em nossa cidade. Ele inclusive apresentou um requerimento solicitando informações sobre a propagada criação do Hospital de Campanha no Ginásio Milton Olaio Filho.

Polêmica 

Marquinho cita no requerimento que as notícias e informações sobre o hospital “foram misteriosas e sem qualquer transparência, fundamental no Poder Público”. 

Polêmica II 

O vereador também considera “que, por total, irresponsável e prejudicial falta de transparência, ninguém sabe precisar os reais objetivos das ações realizadas no citado local, mesmo porque, de maneira estranha, muitos membros do atual governo (principalmente os de outras pastas, os que não respondem pela saúde) divulgam (em suas redes sociais pessoais), notícias truncadas, distorcidas e completamente sem nexo, criando dúvidas, incertezas, inconformismo e até sérios comentários de possíveis atos de corrupção e desvio de verbas públicas”. 

12 perguntas 

Marquinho fez 12 questionamentos no requerimento, entre eles, quando o governo teve a ideia de montar o Hospital de Campanha no Ginásio? Se existiu estudo técnico? Quais as pessoas do governo que optaram pela escolha do local? 

Algumas delas 

Se a decisão foi baseada em critérios técnicos pelos profissionais da saúde? A Vigilância Sanitária participou de todo o processo da implantação, inclusive da decisão do local escolhido? 

Algumas delas II 

Quanto já foi gasto (de forma detalhada) na adaptação do ginásio, se a PROHAB realizou alguma obra ou melhoria no citado local? Quais foram os profissionais técnicos que decidiram as melhorias e adequações para que o Ginásio se tornasse apto a sediar um hospital, além de pedir cópias de todos os processos administrativos de contratações e pagamentos realizados pela Municipalidade envolvendo as melhorias, reformas, intervenções e todos os atos administrativos necessários para a abertura e funcionamento do Hospital de Campanha. 

Efeito imediato 

A Prefeitura já contra atacou e criou no portal (http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/), um canal onde foram inseridos os contratos que já foram fechados pela administração, por conta da pandemia. 

Na rádio 

Na rádio POP nesta quarta-feira, o vereador Marquinho deu uma entrevista, falando do requerimento. No meio da entrevista o secretário de Esporte, presidente do Comitê emergencial de combate ao Coronavírus e Primeiro Ministro Edson Ferraz, entrou no ar e destacou o trabalho do parlamentar, dizendo que ele (Marquinho) estava fazendo o seu papel de vereador que é o de fiscalizar. 

Na rádio II 

Edson também revelou que já foram gastos de R$ 300 a 400 mil em obras na adequação do ginásio para ser servir de Hospital de Campanha. 

Marionete 

Durante a entrevista o vereador Marquinho Amaral disse ainda que o secretário de Saúde, Marcos “Sumido” Palermo, está fazendo papel de marionete nas mãos de alguns “grandões” da Prefeitura, nessa história da Pandemia do Coronavírus. 

Que estrutura é essa? 

A Prefeitura contratou empresa terceirizada em caráter emergencial para atender à Pandemia Covid19. A empresa contratada foi a Organização Social de Medicina e Educação de São Carlos – OMESC. O valor do contrato será de R$ 3.576.498,20 por dois meses (R$ 1.788.249,10 / mensal). 

Que estrutura é essa? II 

O contrato prevê a cessão de 24 médicos, 34 enfermeiras, 55 técnicos de enfermagem, 15 farmacêuticos, 13 motoristas, 22 assistentes administrativos, três seguranças e 17 serviços gerais. 

Grupo de Risco 

Em contato com a Secretaria de Comunicação, a coluna foi informada que se trata de um contrato para repor as pessoas que tiveram que ser afastadas porque tem mais de 60 anos ou são do grupo de risco da COVID. São mais de 100 servidores em todas as áreas da saúde, não só médicos. 

Controvérsia 

Mas a coluna também obteve outra informação. A que foram dispensados apenas os servidores acima de 60 anos que trabalham no DGCA (Departamento de Gestão e Cuidados Ambulatorial). Segundo o sindicato da categoria (SINDSPAM), este número seria de cerca de 30 a 50 servidores. 

Ofício 

Inclusive existe um ofício do secretário de Saúde Marcos “sumido” Palermo, determinando essas dispensas. 

Muita gente 

Será que estão construindo uma nova UPA e não estamos sabendo? 

30 leitos 

No último dia 8 foi assinado pelo prefeito Airton Garcia a contratação de empresa especializada com vistas à prestação de serviços de instalação e gestão integrada de 30 (trinta) leitos de enfermaria compreendendo o fornecimento de equipamentos com manutenção, insumo e medicamentos necessários para o atendimento dos pacientes e gerenciamento técnico, assistência médica e multiprofissional (de forma ininterrupta) para o enfrentamento ao COVD-19. 

30 leitos II 

A empresa contratada em caráter emergencial foi a Norden Hospital Ltda. O valor desse contrato ainda não foi divulgado no portal da transparência da Administração. 

Nem o Fórum escapa 

O prédio do Fórum Criminal de São Carlos na rua Conde do Pinhal, foi alvo de vandalismo por duas vezes nas últimas horas em São Carlos. A primeira pedrada desferida contra a porta do prédio ocorreu no último domingo (10). Um homem aparentando estar surtado teria sido o autor dos danos.

Nem o Fórum escapa II 

Na noite da última segunda-feira (11), o mesmo indivíduo jogou novamente pedras contra vidraças e vidros, acarretando em novos danos contra a edificação. A ação foi filmada pelas câmeras de segurança e as imagens já foram entregues para a Polícia Civil. O indivíduo acabou sendo detido nesta madrugada. 

Aleluiaaaa 

E as obras “encantadas” da USF - Unidade de Saúde da Família do CDHU da Vila Isabel estão bem adiantadas. Depois de anos de abandono, descaso, relaxo etc..., agora o equipamento público deverá estar sendo entregue nos próximos 45 dias. Esta é a ultima das obras iniciadas em gestões anteriores e concluídas pelo prefeito Airton Garcia. 

Loteamento encantado 

O secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano João Muller (o ex-moço de Santa Eudóxia), divulgou na sua rede social que depois de 13 anos, foi liberado um empreendimento imobiliário na região do Shopping. Trata-se de um Condomínio de Lotes, num total de 141 unidades, com frente para Avenida Bruno Ruggiero, divisa com Fabber II. Também compõe o empreendimento lotes comerciais. Só 13 anos de burocracia. 

Estranho!!!! 

Pergunta que não quer se calar: Por qual motivo apenas uma loja de móveis usados na Aracy que pertence a um ex-vereador estaria funcionando normalmente naquela região? 

Lá vem mais polêmica 

E na sessão de ontem o vereador Leandro Guerreiro, deixou seus pares preocupados. Guerreiro disse que em breve (ele irá divulgar nas redes sociais) ele dirá para a população quem é quem na Câmara (na sua opinião). Ele vai avaliar cada um dos vereadores, olhando na cara “Como marca registrada do meu trabalho, falarei na cara de um por um. O povo tem que ser libertado”. Tem vereador que já não dormiu esta noite. 

Engraçadinho 

E o nosso vereador mais “engraçadinho” da Câmara, voltou a causar na sessão desta terça-feira. Moisés Lazarine estava com uma máscara de proteção chiquérrima nas cores verde e amarela. 

Até sexta 

Pedras no caminho? Eu guardo todas. Um dia vou construir um castelo. (Nemo Nox). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

 

 

 



Comentário(s) 

Hamas | 13 Maio 2020
Edson também revelou que já foram gastos de R$ 300 a 400 mil em obras na adequação do ginásio para ser servir de Hospital de Campanha. E ai , são 300 ou 400 , para prestar contas é preciso ser mais exato. Sérios comentários de possíveis atos de corrupção e desvio de verbas públicas”.Não acredito ,será ? A proposito o edil mais engraçado da câmara e Leandro Word Dance , sempre foi um palhaço.