NESTA SEXTA-FEIRA (25/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

O vereador Marquinho Amaral (PSDB), no início desta semana, resolveu dar um puxão de orelhas no ex-moço de Santa Eudóxia (agora é um senhor do nobre distrito) e secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, João Muller. 

O bom cabrito não berra 

Usando das redes sociais, Marquinho tem visto “secretário que deveria estar cuidando de novos empreendimentos, novas conquistas imobiliárias, dando pitaco em todos os setores e achando que sabe tudo”. 

O bom cabrito não berra II 

Marquinho criticou o fato de Muller ter postado na sua rede social a doação de eletrodomésticos feitos pela Electrolux para o hospital de campanha da cidade (que ainda não está funcionando e esperamos que nem precise). “Mas temos aparelhos?? Temos quantos leitos?? Quantos médicos??? Quantos enfermeiros ??? Quantos respiradores ??”, advertiu o parlamentar tucano. 

O bom cabrito não berra III 

“Que eu saiba tendas, geladeiras e alguns “Puxadinhos” não salvam vidas. Eu vi anúncio de novas geladeiras, de limpeza, de local escolhido, mas não vi das coisas que interessam. Com a palavra aqueles que anunciaram utensílios e melhorias supérfluas em detrimento das que são necessárias”, escreveu Marquinho. 

Desafio 

Marquinho ainda escreveu de forma clara: Meu amigo João Muller, que sempre defendi e trabalhamos muito junto, já que o senhor sabe de tudo, nos informe: Quantos respiradores já têm lá no ginásio?? Quantos leitos anunciaram e quantos terão? Quantos médicos estarão lá junto com os demais funcionários da saúde? Infelizmente eu não sei, mas o senhor sabe. Conta para nós. As geladeiras e utensílios a gente já sabe.” 

Não entrou na briga 

Muller como “bão cabroco” de Santa Eudóxia, não entrou nas provocações de Marquinho, mas respondeu as perguntas. 

Não entrou na briga II 

Muller disse que o hospital de campanha está na fase de conclusão da parte física e que por se tratar de um local de média e baixa complexidade, ele (Muller) não terá como postar fotos de respiradores, UTI, nem hoje, nem depois, pois o ginásio não será local de alta complexidade. O Hospital de campanha será terceirizado para iniciativa privada com fornecimento de equipamentos e mão de obra. 

E a alta complexidade 

O ex-moço de Santa Eudóxia em relação às UTIs, informou que o município luta dia e noite para ampliar os leitos na Santa Casa, HU e por meio de uma empresa da cidade a Norden e que a meta é chegar em 50 leitos e UTI entre rede pública e privada. A grande dificuldade hoje do município, Santa Casa e própria Unimed é encontrar no mercado os respiradores. 

E as doações de eletrodomésticos? 

Sobre a doação da Electrolux Muller disse que foi uma conquista para Hospital de Campanha e para o Centro de Convivência de Idosos. “A foto que postei tem dois objetivos. Primeiro mostrar que outras empresas poderiam nos ajudar e ao mesmo tempo dar conhecimento a comunidade. Segundo, mostrar um trabalho específico meu. Poucos sabem, mas minha Secretaria ajudou a viabilizar investimentos de R$ 320 milhões da Electrolux em São Carlos e acabei conduzindo este avanço. 

Essas redes 

Não é de hoje que Muller usa as redes sociais para dar opiniões, sugestões, entre outros assuntos, sempre oportunas por sinal. Vira e mexe, nós aqui do SCDN pedimos autorização à ele para publicar seus textos e suas opiniões. 

Mas, e o motivo disso tudo? 

Sinceramente não entendemos esse “desafio” lançado por Marquinho Amaral ao secretário Muller. Tem tanta gente à toa na Administração que está dormindo no ponto. Mas enfim, esses bastidores políticos são cheios de mistérios... 

Mas, e o motivo disso tudo? II 

Se de um lado não entendemos o desafio, por outro entendemos a cobrança. Pois até agora o que fizeram no ginásio foi instalar divisórias, pintar de branco as paredes e instalar equipamentos hidráulicos. Enfim, vamos aguardar a evolução do Covid-19 para saber se esse hospital necessitará ou não ser utilizado. 

Leitos de UTI 

Falando em hospital na reunião do comitê de crise ocorrido na Prefeitura na última segunda-feira a Secretaria de Saúde anunciou que a Santa Casa não iria ampliar os leitos de UTI para auxiliar no enfrentamento do novo coronavírus. A expectativa era que o hospital tivesse mais 50 leitos de UTI para atender a demanda de pacientes infectados pelo novo coronavírus. 

Leitos de UTI II 

A Santa Casa por sua vez afirmou que a Secretaria de Saúde, ao anunciar a criação dos novos leitos de UTI, se baseou num cálculo feito em conjunto com as instituições de saúde. Mas logo no início da pandemia, a Santa Casa deixou bem claro que, para viabilizar isso, seriam necessários investimentos adicionais e também a transferência dos pacientes da Santa Casa para outros hospitais.  

Explicando 

Em nota enviada para a imprensa a Santa Casa informou que “para comportar 40 novos leitos de UTI, seria preciso direcionar os pacientes internados nas enfermarias (que estão recebendo tratamento depois de doenças como AVC ou vítimas de acidentes) para outros hospitais, o que a Secretaria de Saúde não conseguiu fazer. Além disso, para se montar essa quantidade de leitos novos, é preciso respeitar uma série de exigências do Ministério da Saúde, em termos de equipamentos e protocolos. E tudo isso requer investimento, que até agora não foi feito pelo poder público", informou. 

Explicando II 

Importante ressaltar que a Santa Casa de São Carlos montou uma ala com 32 leitos no hospital para atender pacientes com suspeita de COVID-19. Tudo com recursos próprios e ajuda do Hospital Universitário, que emprestou equipamentos. O Hospital ainda espera pela ajuda da Secretaria de Saúde para o custeio dos 8 leitos de UTI e 24 leitos de enfermaria. 

Não foi legal 

Ainda sobre a reunião desta segunda-feira no Paço, o vereador “engraçadinho”, Moisés Lazarine, acabou causando no recinto. Tudo pelo fato dele estar transmitindo ao “vivo” em sua rede social o encontro fechado. 

Não foi legal II 

A reunião teve de ser interrompida por causa do vereador que em todo momento falou em transparência, falta de democracia etc...Lógico que no fim, ele encerrou a transmissão e a reunião continuou normalmente. 

E se fosse ele 

Fiquei curioso agora. Como seria o comportamento dos membros da Prefeitura se ao invés do “Engraçadinho” estive Leandro Guerreiro fazendo a live? Bom primeiro que Guerreiro não ia fazer a transmissão escondido, já ia chegar causando. Mas como ficaria? 

Preocupante 

Mas o pouco que deu para ouvir na live de Moisés é que a situação em São Carlos em relação à infraestrutura é preocupante. 

Informação 

Durante a transmissão foi dito pelo professor de Medicina da UFSCar e pesquisador Bernardino Alves Souto que Centros de Tratamento Intensivo (ou UTIs) e hospitais reduzem os índices de mortalidade em 0,1%, já a quarentena, reduz a mortalidade em 80% ou seja a quarentena tem uma potência 800 vezes maior do que de reduzir mortalidades do que construir CTIs ou hospitais. 

Informação II 

É isso que a sociedade precisa entender. Ninguém está brincando de ficar em casa, ninguém está brincando de correr riscos já existentes no Brasil, como o desemprego. O problema é que de acordo com técnicos, cientistas e ENTENDIDOS no assunto, a única arma menos dolorosa para enfrentar o vírus é a quarentena. 

Limpeza 

O SAAE iniciou na noite de segunda-feira (20) a desinfecção dos entornos das UPAS Santa Felícia e Vila Prado. A limpeza é feita com caminhões pipa, que distribuem um produto apropriado para esta ação, com hipoclorito de sódio, em forte concentração. 

Limpeza II

Agora o duro dessa limpeza foi aguentar o vereador Rodson fazendo uma “live” no momento em que os servidores do SAAE estavam trabalhando. Vereador, o senhor parece um desesperado falando. Calma vereador, calma, tudo bem que foi o “senhor” que propôs algo que seria realizado mais cedo ou mais tarde. Mas tenha calma nas suas transmissões o senhor é muito afobado. Mas parabéns, mesmo assim pela iniciativa de agilizar esse processo. 

Olha ela causando de novo 

E a Secretaria Municipal de Administração, a da doutora Helena (a Dama de Ferro), tem causado inúmeros transtornos aos servidores municipais. Hoje existem muitos servidores aguardando atendimento, querendo atenção para suas respectivas demandas, horas extras, aditamento contratual, autorização de empréstimos consignados, atenção aos servidores do cemitério, da saúde, segurança pública, da assistência social, em fim de todas as secretarias. 

Olha ela causando de novo II 

Devido à quarentena, segundo informações postadas pelo vereador Roselei Françoso, a distinta secretaria está parada. “Não seria possível algum trabalho remoto eficiente? home office? Alguém pelo amor de deus pra responder ao servidor? Escreveu Roselei. 

Roselei ainda lamentou 

“Não é possível que uma cidade como a nossa, não tenha um planejamento para garantir o atendimento ao servidor, ainda que remoto. Colabora dona helena, assim não dá...”. E não dá mesmo né vereador? 

Peia 

Foi julgado no último dia 17, o recurso interposto pela Prefeitura de São Carlos que foi condenada a pagar  mais de R$ 30 mil para  professora municipal  Renata Soares, após o Prefeito Airton Garcia ter ido a uma rádio local e a chamado de “Politiqueira vagabunda”. O caso ocorreu em 2017 

Peia II

No acórdão de 2 ° Grau, os desembargadores entenderam “... que a conduta perpetrada pelo chefe do Poder Executivo Municipal extrapolou os níveis de defesa de seu governo ou mesmo de uma desavença de caráter político. Houve ofensa à honra e à imagem da Reclamante, publicamente, a qual conduz à necessidade de indenização, sim, nos termos dos artigos 186 e 927, do Código Civil. 

Peia III 

É isso que dá. O prefeito fala pelos cotovelos nas rádios, não mede o que fala e depois tem de arcar com as consequencias. E olha com quem ele foi mexer. A dona Renata que Airton conhece desde pequenininha né? 

Até sexta 

“Para os desavisados: Às vezes me faço de tonto mas estou vendo, sei de muita coisa e na hora certa tomarei as providências. COM A SAÚDE E VIDA NINGUÉM PODE BRINCAR” (Vereador Marquinho Amaral nas redes sociais).



Comentário(s) 

0
Cesar | 29 Abril 2020
Estranho, o Boné sem educação xinga a professora e a secrat..ia Helena faz o que quer, ele baixa a cabeça e finge não saber de nada como sempre, muito estranho. Na próxima eleição vamos trocar todos sem exceção.
0
DANIEL | 25 Abril 2020
AS MANIFESTAÇÕES DOS ATUAIS VEREADORES POSSUEM UM NOME. ELEIÇÕES DE OUTUBRO SE APROXIMANDO. PRECISAM FICAR EM EVIDÊNCIA PARA TENTAR REELEIÇÃO. AÍ QUE O BICHO PEGA. EM OUTROS TEMPOS ESTAVAM CALADINHOS.
0
leitor assíduo | 24 Abril 2020
Aírton ofende Renata, mas quem paga a conta é o povo? Quando o prefeito feriu a dignidade da professora, sabia que haveria processo e, se perdesse, seria obrigado a indenizá-la. Vai tirar os trinta dinheiros do próprio bolso, ou vai quebrar o cofre da viúva? O Ministério Público precisa fiscalizar esse pagamento, porque o povo não pode ser prejudicado pela estupidez e ignorância do alcaide.