Nesta sexta-feira (16/08) os radares móveis estarão operando nos seguintes locais: 

RADAR 1 - Rua Miguel Petroni (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Avenida Comendador Alfredo Maffei (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Avenida Trabalhador São-carlense - (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

E o secretário municipal da Saúde, Marcos Palermo, resolveu mexer no vespeiro. Palermo que quer uma participação mais efetiva dos planos de saúde nos atendimentos de alguns casos, em especial acidentes de trânsito. Independente da vítima ter plano de saúde ou não, quando socorrido pelo SAMU ela é levada para a Santa Casa e não para as unidades de emergência e urgência destas empresas e quem paga a conta é sempre o SUS.

Vespeiro

Palermo quer que pacientes de pequena e média complexidade que possuem convênio médico, sejam recebidos pelas empresas, no caso em São Carlos a UNIMED. Que o cooperado seja levado para o hospital 24 horas e não para o SMU da Santa Casa.

Vespeiro II

Para se ter uma ideia, a cada 10 pacientes socorridos pelo SAMU, quatro possuem planos de saúde e poderiam ser atendidos pelas empresas que exploram esse serviço na cidade.

Vespeiro III

Agora fica uma dúvida. Quando o paciente que é levado pelo SAMU até o SMU da Santa Casa, vítima de um acidente e é cooperado. Quem paga a conta para a Santa Casa? A empresa o SUS ou os dois?

Vai ser picado? 

É Marcos Palermo tem de tomar cuidado para não ser picado, pois esse vespeiro é muito perigoso e ele sabe disso.

Tinta guache

O nosso mega, super, expert secretário de Trânsito Coca Ferraz, deve estar usando tinta guache para pintar as ruas da cidade. Várias sinalizações feitas a menos de um mês já começam a mostrar sinal de desgaste

Tinta guache II

E ele não poupa, são tintas nas cores branca, vermelha e lógico azul. Ele adora azul. Além do que ele ainda agora inventou mais uma, pintar imensos retângulos vermelhos, mas a tinta é tão vagabunda que poucos dias depois de pintado já começa a sair.

O rei do puxadinho

Coca além de ter vários títulos como expert, o suprassumo do trânsito, doutor, rei dos semáforos entre outros, agora será coroado com mais um. O rei dos puxadinhos.

O rei do puxadinho II

Já repararam que ele adora dar aquelas quebradinhas nas guias de calçadas de alguns cruzamentos, para aumentar um pouquinho a área útil para uma curva? Esse é nosso Coca.

O Hospital Frankenstein

O internauta Marco Martin, fez essa semana em sua rede social, uma importante observação sobre o Hospital Escola. “O que a quadrilha do presidiário de Curitiba roubou na construção do "HOSPITAL ESCOLA" daria para fazer um luxuoso hospital modelo para o mundo, infelizmente aquele monstrengo superfaturado não oferece nenhum conforto, no corredor de espera, o vento gélido que sopra pelo espelho d'água nas costas dos pacientes e acompanhantes tornam o lugar um túnel do terror ...

O Hospital Frankenstein II

E ele continua: “Com pouco anos, o material de baixa qualidade usado na construção já mostra sinais de deterioração e a ferrugem nas estruturas é bem visível, logo necessitará de ampla reforma e o povo que pagou caro e sofre o descaso terá que pagar de novo”. Pois é, ele está coberto de razão. Aquilo realmente é um monstrengo.

Eles erram e querem ressarcimento

Esta semana três servidoras municipais da Guarda Municipal, procuraram o Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos Municipais de São Carlos (SINDSPAM), buscando atendimento jurídico para evitar o ressarcimento de valores que receberam no exercício de suas funções. A ordem partiu da Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas em junho deste ano.

Eles erram e querem ressarcimento II

Essas três servidoras ocupam atualmente cargos de chefe de sessão e estavam recebendo regularmente o adicional de risco de vida de 30 % em seus vencimentos. Porém no entendimento da secretária de Gestão de Pessoas, Helena Antunes, essas três servidoras não se enquadram na legislação municipal vigente.

Eles erram e querem ressarcimento III

A Lei Municipal 16001/12 que dispões sobre a Avaliação e Desempenho e Evolução Funcional da Guarda Municipal de São Carlos, cita em seu artigo 15 que apenas “o Comandante, Subcomandante, os Líderes de Equipe e os Guardas Municipais, e escala de plantão, farão jus a um adicional de risco de vida de 30% (trinta por cento) em seus vencimentos”.

Não está certo

Uma das servidoras penalizadas, atua dentro da sede da Guarda Municipal, outra no gabinete do Secretário de Segurança Pública e Defesa Social e a terceira no quartel do Tiro de Guerra. De uma delas a Administração pede o ressarcimento de valores de cerca de 10 anos de trabalho.

Não é legal

Segundo o advogado Carlos Roberto Freitas essa cobrança que a Prefeitura quer fazer destas três servidoras não é legal. “Elas são agentes de boa-fé, elas não deram causa ao pagamento irregular, se é que esse pagamento é irregular”, salientou.

Tem hora que viaja

Sabemos da austeridade da Dra. Helena em relação a legislação, mas nesse caso, essas três GMs, deixam de ser GMs só pelo fato de estarem ocupando uma função, digamos mais burocrática?

Entre as 60 melhores

Um estudo realizado pela empresa Urban Systems aponta São Carlos entre as 60 melhores cidades do Brasil para se fazer negócios. Os dados são referentes a 2018 e na comparação com 2017, subiu 61ª posição para a 60ª.

Entre as 60 melhores II

O Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios é calculado através da metodologia de análise estatística chamada: IQM, que é o Índice de Qualidade Mercadológica, servindo como parâmetro para a qualificação de um determinado mercado, sintetizando variedade de informações populacionais, comerciais, urbanísticas, econômicas e infraestruturais.

Desenvolvimento

No quesito desenvolvimento econômico, São Carlos ocupou a 29ª posição. Em 2017, não houve a medição. A primeira colocada foi Barueri (SP). A cidade conta com diversidade econômica, com importância em setores de serviço, educação, logística e industrial.

Capital Humano

Neste item São Carlos subiu oito posições na comparação entre 2017 e 2018. Hoje está da 31ª colocação. Vitória (ES) ficou em 1º lugar. O destaque ficou para o crescimento dos empregos formais com ensino superior: 4,4% e a renda média dos trabalhadores formais em R$ 3,8 mil.

Desenvolvimento Social

Já neste item a cidade subiu oito posições. Ocupa o 14º lugar. São Caetano do Sul (SP) se destacou nesse aspecto, ocupando 1º posto. A cidade conta com um dos maiores IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) do país e com um dos mais baixos índices de população extremamente pobre (inferior a 0,1%).

Infraestrutura

Acerca deste item, São Carlos caiu quatro posições. Está na 96ª colocação. São Paulo (SP) está na primeira colocação.

Planejamento

O secretário de Planejamento e Gestão, Caco Colenci, comentou os números. “Quando um empresário procura um município para investir, ele busca uma cidade prosperando e com segurança jurídica. E foi isso que a administração do prefeito Airton Garcia buscou nesses anos. Esses números nos motivam a melhorar ainda mais o ambiente para o município crescer e gerar qualidade de vida”.

Só não enxerga quem não quer

Olha faz tempo que São Carlos vem se destacando em diversos segmentos, mas criamos o péssimo hábito de se atentar, dar destaque, fazer barulho por coisas pequenas. Ainda mais agora com as redes sociais, qualquer probleminha, se torna um problemão. Tem hora que enche.

Só não enxerga quem não quer II

Do jeito que o ex-prefeito Paulo “Maestro” Altomani,  deixou essa cidade para Airton Garcia, até que o homem do boné está fazendo milagre. Se para alguns está ruim, pensem que poderiam estar bem pior.

R$ 2,1 milhões

De acordo com o secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, João Muller, o valor das obras de revitalização na região do Mercado Municipal está estimado em cerca de R$ 2,1 milhões.  R$ 900 mil já está garantido com a secretaria de Transporte e Trânsito, por meio da Cide, o imposto do combustível.

Costa larga

Quem esperava a exoneração da chefe de Gabinete da Secretaria da Pessoa com Deficiência, Carla Campos, caiu do cavalo. Ela continua por enquanto, firme e forte. Quem caiu naquela pasta foi a diretora do Departamento de Defesa da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Solange Nunes da Silva. Sua exoneração foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira.

Metalúrgicos

Está programado para agosto, as eleições para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Região. Erick Silva tenta a reeleição e terá como concorrente o seu ex-aliado e ex-vereador Ronaldo Lopes (PT).

Metalúrgicos II

Essa disputa promete ser bastante curiosa, para quem não sabe as relações pessoais entre alguns membros da diretoria do sindicato não estão nada agradáveis. Digamos que as estruturas da “companheirada” rachou a bastante tempo.

Metalúrgicos III

Resta saber se Ronaldo terá forças para superar seu “ex companheiro de luta” Erick Silva.

Bom final de semana

As vezes Deus nos tira o sono para que a gente tire um tempo para conversar com ele. (C.S.Lewis). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

 



Comentário(s) 

+3
cesar | 19 Julho 2019
Não entendi, elogiando o Boné por fazer sua obrigação, político não é "Deus", ninguém foi na casa do Boné para contrata-lo, ele mentiu muitoooo para se eleger e não fez 5% do prometido, se tivesse o crime de estelionato político, pegaria prisão perpetua. Marcos Palermo está correto, recebe tem que prestar o serviço, pela reportagem, estão com medo ou $$$$. Coca dos bondes, se a cidade tivesse algum edil, pediria a prestação de contas da secretária, o semáforo da Unicep, quem pagou, estranho, licitação nem pensar.