NESTA SEGUNDA-FEIRA (21/01/19) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 - AVENIDA Trabalhador são-carlense (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA Trabalhador são-carlense (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Rua Miguel Petroni (CENTRO/RODOVIA) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

 

 

 

Foi sob névoa e garoa que a sexta edição do Sanca Sevens se iniciou no último sábado, 24, no Campo de Água Vermelha. Era um clima mais que agradável para se jogar rugby!

O torneio desse ano contou com disputas na categoria masculino e na categoria veterano, totalizando 10 equipes e 18 jogos. A primeira partida foi entre São Carlos e CAASO, num embate entre conterrâneos. Depois, em mais um jogo entre companheiros, UFSCar enfrentou o Locomotiva. Ainda haveriam, como destaques, as partidas entre os veteranos do São Carlos e do Locomotiva, Hipopótamos MMXV e Maria Fumaça, respectivamente, e o jogo entre Paraba 7s e White River 7s, equipes que contavam com atletas de tradicionais equipes da capital paulista.
 
Com duas vitórias cada, São Carlos, Paraba 7s e UFSCar se classificaram para a Taça Ouro. A quarta e última vaga acabou por ficar com o Chupa Cabras 1 que, apesar de ter vencido uma partida e perdido outra como o White River 7s, teve um saldo melhor de pontos.
 
A tarde, pela primeira semifinal da Taça Prata, CAASO e White River 7s se enfrentaram e a equipe uspiana demonstrou crescimento, mas, ainda assim, não foi párea para os paulistanos. Na outra semifinal desta Taça, Locomotiva venceu o Chupa Cabras 2 e fez uma grande final contra o White River 7s. Na disputa de terceiro da Taça, outro jogo bem disputado entre CAASO e Chupa Cabras 2, que terminou com vitória da equipe de Bauru.
 
Na Taça Ouro, o São Carlos enfrentou o Chupa Cabras 1 e acabou levando o seu primeiro try na competição. Ainda assim, a equipe passou pelos baurueses e fez final contra o Paraba 7s, reeditando a final de 2016 e a lendária semifinal de 2017. Os paulistanos haviam passado pela UFSCar na outra semi e estes, na disputa de terceiro lugar, acabaram por vencer o Chupa Cabras 1.
Vejam os resultados e a classificação final:
 
Resultados
Jogo 1 - São Carlos 42 x 0 CAASO
Jogo 2 - UFSCar 24 x 5 Locomotiva
Jogo 3 - Paraba 7s 37 x 0 Chupa Cabras 2
Jogo 4 - Chupa Cabras 1 5 x 19 White River 7s
Jogo 5 - Hipopótamos MMXV 0 x 17 Maria Fumaça
Jogo 6 - São Carlos 40 x 0 Locomotiva
Jogo 7 - UFSCar 19 x 0 Chupa Cabras 2
Jogo 8 - Paraba 7s 31 x 12 White River 7s
Jogo 9 - Chupa Cabras 1 26 x 7 CAASO
Jogo 10 - White River 7s 37 x 14 CAASO - semifinal Taça Prata
Jogo 11 - Chupa Cabras 2 12 x 24 Locomotiva - semifinal Taça Prata
Jogo 12 - São Carlos 33 x 5 Chupa Cabras 1 - semifinal Taça Ouro
Jogo 13 - Paraba 7s 27 x 0 UFSCar - semifinal Taça Ouro
Jogo 14 - Maria Fumaça 33 x 0 Hipopótamos MMXV
Jogo 15 - CAASO 12 x 19 Chupa Cabras 2 - terceiro lugar Taça Prata
Jogo 16 - White River 7s 17 x 24 Locomotiva - final Taça Prata
Jogo 17 - Chupa Cabras 1 12 x 21 UFSCar - terceiro lugar Taça Ouro
Jogo 18 - São Carlos 7 x 24 Paraba 7s - final Taça Ouro
 
Classificação final
masculino
1 Paraba 7s
2 São Carlos
3 UFSCar
4 Chupa Cabras 1
5 Locomotiva
6 White River 7s
7 Chupa Cabras 2
8 CAASO
 
veterano
1 Maria Fumaça
2 Hipopótamos MMXV
 
Com isso, o Paraba 7s se junta a galeria de bicampeões junto com o São Carlos e o Maria Fumaça se torna o primeiro campeão do torneio de veteranos da competição.
O VI Sanca Sevens foi uma realização do São Carlos com apoio da Prefeitura Municipal de São Carlos e do Garra São Carlos Rugby Feminino.
Agora, o São Carlos tira algumas semanas de férias antes de começar sua preparação para a temporada 2019, mas não sem antes agradecer à todos os que participaram - dentro e fora de campo - do VI Sanca Sevens! Sem vocês, o evento não teria ocorrido!
Também agradecemos demais aos nossos patrocinadores - Fisio & Cia, Espaço Saúde Academia, Unicep, Bar do Alex e Ótica São Carlos - e apoiadores - Prefeitura Municipal de São Carlos, Contabilidade Valverde e Atléticas e Departamentos Esportivos da UFSCar e USP - por acreditarem em nós e no nosso trabalho! Nossa união nos torna mais fortes!
Logo estamos de volta! Até breve!


Comentário(s) 

+2
Mario Silva | 16 Janeiro 2018
Parada dura. Um assume que tem "sitio" no assentamento e nem seu Admir se assombra. O outro capina calçada de imóvel particular, desconhece a legislação M. sobre calçadas, fala na tribuna que vai apresentar uma novela e qual capitulo está.
É pra acaba!
+3
Gustavo | 15 Janeiro 2018
5 horas, ao menos justifica à parti de agora a gente ver aqueles vereadores saindo da sala da presidência com a boca cheia de comida (alguns até limpado a boca no pano do paletó... com 4 horas a gente já vê isso imaginem com 5 horas. Se bem que eles perdem uma hora lendo (lendo muito mal) a papeladae, daí vem os rapapés e só depois o tempo de sessão real.
+10
Aécim Pódemais | 15 Janeiro 2018
Infelizmente O bairro Cidade Aracy , nunca teve políticos e sim politiqueiros que usam o povo como massa de manobra , tá certo que essa legislatura é a pior da história recente de São Calos , lamentável o nível político dessa turma , gritar , ofender , fazer política no estilo Datena já não funciona mais , trabalhem para o povo , independente de bairrismo.
+11
Lombi | 13 Janeiro 2018
Olha com todo respeito ao "vereador" Leandro, mas ele não é preparado para assumir este papel. O cara ofende demais as pessoas chamando-as de vagabundo, sem vergonha e outros adjetivos que não gostaria de usar. Acredito que este não é o papel de um vereador, principalmente ficar carpindo praças. Até o presente momento não foi possível presenciar nenhum projeto de lei da autoria dele que traga benefícios a população. Enfim acredito que o modo que ele faz a política já não é usado nos dias de hoje. Portanto é importante escolher e bem os nossos representantes.
+18
Cidadão | 12 Janeiro 2018
É muita grana para a imprensa, com esses quase 3 milhões daria para fazer muita coisa na cidade, eu acho dinheiro jogado no lixo, mas como os prefeitos sempre são reféns da imprensa, coitados se não der.
+18
Pulitiqueiro | 12 Janeiro 2018
O mais impressionante é ver esse Berreiro agindo como se fosse um Deus, um cara qie reslveria todos problemas da cidade numa semana em meio a seu desequilíbrio. Tô pra ver alguém tão prepotente igual esse doido. Ao mesmo tempo super inteligente para fazer o que faz. Gritar igual um louco e ainda conseguir enganar um monte de tonto acreditando que ele é um bom politico. Tá, o cara carpe, varre e pinta praça como ninguém, tem o dom para isso, mas ele é vereador e nao sserviços gerais.. lá dentro da Câmara, o que fez até hj além de ofender todo mundo? Algum projeto que beneficie o povo? Trouxe alguma verba ou emenda? A única coisa que vi foi gastar papel igual um doido para fazer suas apresentações circenses naquela Câmara que tbm não faz b.... nenhuma. Pior Câmara dos últimos tempos.
+11
cesar | 12 Janeiro 2018
Aventureiros que ganharam por inocência do povo humilde, hoje esses eleitores percebem que ambos mudaram as posições e não fazem nada além de gritar, quem está sofrendo são os mais humildes que dependem do poder público. Elas ainda sonham utopicamente serem depu..dos. Se contentem com essa gestão, sonhadores.