NA QUARTA-FEIRA (21/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida João de Guzzi X Rua Marcos Vinicios de M. Moraes VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - Avenida Henrique Gregori (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - Avenida Henrique Gregori (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H. 

A Prefeitura Municipal atendendo o artigo 7º do Decreto nº 52 de 08 de março de 2018 entregou esta semana para à Câmara Municipal o Balancete do período de Intervenção no transporte público de São Carlos, entre os dias 23 de janeiro a 7 de março de 2018. O que ganhou destaque na mídia foi o boletim de ocorrência registrado pelo secretário municipal da Fazenda, Mário Antunes apontando que houve uma diferença no caixa de R$ 56.694.35. Essa diferença fez com que o Prefeito determinasse a abertura de uma sindicância para apurar responsabilidades.

Mãezona I

Pois bem, mas os números revelam outro valor ainda mais preocupante. O ex-super poderoso da Prefeitura, Ademir Souza e Silva, dizia aos quatro cantos que o transporte coletivo dava lucro, blá, blá, blá.

Mãezona II

Mas não é isso que o balancete de receitas e despesas apontou. O déficit durante o período de intervenção foi de “apenas”  R$ 1.850.632,26.  A receita no período de intervenção foi de R$ 2.027.782,41, obtidos da seguinte forma: R$ 1.360.323,50 de catraca, R$ 636.719,25 do BusFácil  e R$ 30.739,66 da utilização de passes pela Prefeitura Municipal. Já as despesas ficaram na casa dos R$ 3.878.417, 67. (veja no fim da coluna imagem das receitas e despesas)

Desastre

É por essa razão “simples” que foi uma verdadeira loucura essa intervenção realizada pelo prefeito Airton Garcia. E olha que ainda tem a história dos R$ 2 milhões que foram aprovados em crédito especial pela Câmara Municipal.

Para alguém foi bom

A intervenção só foi boa para uma pessoa. O dono da empresa Suzantur que agora está suave na nave. Ninguém fala mais nada sobre as condições que o serviço vem sendo prestado. Precisamos reconhecer que houve uma boa melhora. É só ver os ônibus que estão rodando por aí.

5º elemento

E depois de muita polêmica os vereadores Gustavo Pozzi (PR), Cidinha do Oncológico (SD), Roselei Françoso (Rede), Sérgio Rocha e Malabim (PTB) e Edson Ferreira (PRB) assinaram e indicaram o quinto componente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investigará o período de intervenção no transporte público.

5º elemento II

Alguns fatores motivaram a adesão do grupo. Um deles foi o registro de um Boletim de Ocorrência em que o secretário de Fazenda, Mário Antunes, denúncia um desequilíbrio contábil da ordem de R$ 56,6 mil.

5º elemento III

O vereador Roselei Françoso (Rede) foi o indicado do grupo político a integrar a CPI. “Os documentos entregues pela Prefeitura nos obrigam a fazer uma investigação. Na coletiva da quarta-feira Roselei revelou que existiam registros contábeis que foram colocados de forma desrespeitosa com o dinheiro público. “Colocaram informações importantes em papel de pão. Alguns remanejamentos financeiros foram tratados com brincadeira”, comentou Roselei.

A que ponto chegamos

O que era uma rotina em um passado não tão longe assim, hoje se torna um evento digno de divulgação na imprensa. As podas de gramas em praças públicas. Hoje quando acontece, se torna um “espetáculo” com direito a “lives”, reportagens etc..

Muvuca

O secretário Coca Ferraz precisa dar um jeito naquela muvuca que se transforma a Praça da Estação Ferroviária na troca dos motoristas de ônibus por volta das 14hs. O trânsito simplesmente trava neste horário.

Muvuca II

Antes das intervenções que foram realizadas na frente da Estação, isso não acontecia. É um salve-se quem puder. A briga com os coletivos é injusta, quando você se encontra na condução de um carro.

Ainda bem que tem pressa

Na última terça a vereadora Cidinha do Oncológico (SD) e os vereadores Lucão Fernandes (MDB), Malabim (PTB), Robertinho Mori (PSDB), Roselei Françoso (Rede) e Sergio Rocha (PTB), estiveram com o secretário municipal de Saúde, Caco Colenci, e com o diretor de Gestão Hospitalar, Marcos Palermo, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Santa Felícia. O tema central da reunião tratou sobre a reabertura da UPA Santa Felícia.

Ainda bem que tem pressa II

“Estamos empenhados em trabalhar com o objetivo de reabrir a UPA Santa Felícia o mais rapidamente possível”, declarou Caco Colenci, secretário de Saúde. “Após a finalização do concurso público o executivo conseguirá reabrir a UPA Santa Felícia.”, ratificou o secretário municipal de saúde Caco Colenci.

Ainda bem que tem pressa III

Sinto muito secretário, mas não dá para acreditar nessa afirmação. A mesma vem sendo dada a população desde ano passado. Não acredito que os vereadores em questão estão acreditando nessa historinha.

Pêsames

O ex-vereador Idelso Marques de Souza Paraná faleceu ontem. O político cumpriu seu último mandato, em 2016, já com a saúde debilitada. O próprio parlamentar expressou, por várias vezes, a sua luta à vida. À família, os sentimentos desta coluna.

Bom final de semana

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo