NESTA QUARTA-FEIRA (14/11/18) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – AV. TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AV. TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H. 

RADAR 3 - RUA JOSÉ BONIFÁCIO X RUA 1º DE MAIO (CENTRO/BAIRRO) – VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Esta semana o secretário da saúde, Marcos Palermo que está a pouco mais de 40 dias no cargo, descobriu possíveis irregularidades em relação aos procedimentos oftalmológicos realizados em parceria com a Santa Casa de São Carlos pelo Sistema Único de Saúde o SUS, para atender pacientes de São Carlos e região.

É bomba

A quem diga que Palermo descobriu um esquema milionário na saúde de São Carlos que atendia pacientes de outras cidades, provavelmente com indicações de políticos poderosos. Esses pacientes estariam vindo para São Carlos fazer cirurgias eletivas e eram atendidos rapidamente, deixando os cidadãos são-carlenses numa fila interminável.

Não tinha acesso à lista

Marcos Palermo disse que não tinha acesso a listagem dos pacientes que eram operados e nem tão pouco a quantidade de pessoas que estavam na fila. Ele teve de fazer alguns ajustes orçamentários para que essa listagem fosse analisada pelo município e foi aí descobriu as “possíveis irregularidades”.

Sindicância

O secretário disse que o prefeito Airton Garcia determinou a abertura de uma Sindicância onde serão levantadas e auditadas todas as cirurgias que foram feitas até agora, desde o começo do contrato.

Iceberg

Seria essa descoberta a revelação da ponta do iceberg que a Denise Cury (lembram dela, a mulher de Campinas que foi escorraçada de São Carlos), tentou mexer quando assumiu a secretaria municipal da Saúde na gesta de Altomani?

Ele voltou

E quem deu o ar das graças esta semana foi o ex-prefeito Paulo Altomani. Em entrevista a Rádio Pop, o ex-tucano, falou da nova composição do Democratas em São Carlos, da qual ele encabeça agora como presidente.

A reviravolta

Vejam só nos últimos meses tivemos uma reviravolta nos bastidores da política. Júlio César que era do DEM foi para o partido da República e Altomani que estava no PSDB foi para o DEM do ex-vice prefeito Cláudio Di Salvo que na entrevista, foi anunciado como futuro candidato a prefeito de São Carlos.

Em cena

E Altomani voltou à imprensa firme e forte. Disse que não tem intenção de pedir o mandato do vereador Julio Cesar. Vale lembrar, que quem manda no Democratas na região é o deputado estadual Aldo De Marchi, de Rio Claro. Certamente, Altomani e Cláudio devem fazer campanha em São Carlos ao parlamentar.

O milagre

Mas ainda falando na entrevista, Altomani voltou a bater na tecla que foi o prefeito que mais pagou dividas (obrigado pela Justiça, se não, ele não pagaria) e que mais obras fez sem dinheiro. “É a multiplicação dos pães sem dinheiro”, disse ele.

Esse povo ingrato viu

Mas o melhor da entrevista ficou no final, quando ele tentou justificar a derrota nas últimas eleições. No estilo, Newton Lima, que achou que iria ganhar a reeleição para Deputado Federal sem bater perna junto ao eleitorado, Altomani achou que não precisaria, fazer a campanha no “chão”. Ele achava que iria ganhar as eleições na gratidão.

Esse povo ingrato viu II

 “Como nós fizemos 26 mil cirurgias eletivas, 12 mil de catarata e 14 mil de hérnia, de vesícula, joelho, rim tudo. Eu e o Cláudio fazia uma conta, se houver uma gratidão desse pessoal, 26 mil cirurgias eletivas e pega três quatro pessoas por família eles vão reconhecer que nós pagamos, fizemos essas cirurgias porque nós pagamos o mesmo preço dos planos privados. Então não sai para fazer campanha, eu trabalhei todos os dias antes das eleições até 6 horas da tarde

Esse povo ingrato viu III

Fui visitar o Planalto Verde o Eduardo Abdelnur que nós construímos, aí eu vejo lá na parede da dona da casa que ganhou uma casa que custa R$ 90 mil e que ela vai pagar r$ 10 mil em 15 anos a fotografia do atual prefeito. A senhora ganhou a casa e qual o motivo de estar pedindo voto aqui”.

E continuou

Altomani na entrevista disse que ao questionar a “dona da casa” a mesma respondeu:  “A doutor o senhor deu a casa, mas não deu o churrasquinho para nós. Isso é o Brasil gente”, disparou. Valeu Altomani, pela entrevista deu para perceber que o senhor não aprendeu nada com a vexatória derrota nas últimas eleições.

Bate, mas não acontece nada

Esta semana na Rádio São Carlos, o vereador Marquinho Amaral (MDB), voltou a bater duro no secretário de Educação, Nino Mengatti. Ele reafirmou que o titular da pasta fica semanas sem comparecer ao serviço. Será?

Bate, mas não acontece nada II

E olha, faz tempo que Marquinho vem falando isso na imprensa, na Tribuna da Câmara, mas na Prefeitura, ninguém se interessa em esclarecer isso. Como bem disse o parlamentar Mengatti é um “cagão”, pois foge do debate.

Bate, mas não acontece nada III

Na entrevista, Amaral disse ainda que está faltando insumos básicos nas escolas, como papel higiênico e material de limpeza e que até extintores de incêndios de algumas escolas, estariam vencidos.

Fila de espera

Marquinho também disse que existe uma fila de espera nas escolas de 2,5 mil crianças. Apesar de ser denúncias sérias, ninguém na Prefeitura e nem o próprio secretário vem a público para esclarecer tudo. Lamentável.

Homem das casas o Retorno

E o vereador Rodson Magno (PSDB), segue firme na sua empreitada “Movimento Moradia de São Carlos. “Na última quarta-feira foi realizada a 5º reunião do movimento no salão do ICIB que estava lotado”. Antes que o critiquem, pelo menos ele está tentando outra alternativa para diminuir o déficit habitacional do município. Esperamos que depois das eleições deste ano, as coisas não esfriem.

Braçadas

O prefeito de Ibaté, Zé Parrela, continua dando um show na Administração da cidade. Esta semana fez um anúncio importante. O rateio de R$ 600 mil do FUNDEB, entre os professores da Rede Municipal. Cada um vai receber R$ 2,6 mil aproximadamente.

Detecta

E a Prefeitura de São Carlos apresentou ontem oficialmente o Detecta que é um sistema de monitoramento inteligente implantado pelo Governo do Estado de São Paulo, composto pelo monitoramento através do uso de câmeras, combinado com o maior banco de dados de informações policiais da América Latina, integrando ao sistema os bancos de dados das polícias civil e militar

Detecta II

Por meio de convênio com a Secretaria Estadual de Segurança, com custo mensal de apenas 500 reais, a Polícia Militar, Civil, Científica e Guarda Municipal de São Carlos terão informações e imagens importantíssimas no combate a violência, inclusive nas investigações de roubos, homicídios, roubos de cargas etc.

Detecta III

Uma grande conquista para o município de São Carlos. Próximo passo criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública

Dívida

Alias essa história da criação da pasta da Secretaria de Segurança Pública, já passou da hora de se tornar realidade. Na prática ela até já existe e é comandada pelo tenente coronel Samir Gardini, que diga-se de passagem, vem realizando um grande trabalho na área.

Divida II

Só que na teoria a “a pasta Segurança Pública”, ainda está amarrada a Secretaria de Governo do Edson “o Fermiano”. Até como reconhecimento ao trabalho do Samir, o prefeito, podia se empenhar um pouco mais junto aos vereadores, para a criação da pasta.

Divida III

Vai inchar a máquina? Que se acabe então com algumas pastas que não servem para nada. Alias serve sim. Serve para alguns “amigos e aliados” ganharem salários de secretários, diretores, chefes, etc...

Bom final de semana

“Vivemos em época de amores líquidos, muito touch, pouco toque, muita ambição, pouca disposição, muita conveniência e pouca convivência. Talvez você possa transformar o estado físico do seu amor de líquido para sólido, ao invés de permitir que ele simplesmente evapore”. Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Que leu esta matéria, também leu...

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo