O Diário Oficial do Município desta sexta-feira (27/03) publica a Portaria Nº 09/2020, assinada pelo secretário municipal de Transporte e Trânsito, Antônio Clóvis Pinto Ferraz (Coca Ferraz), autoridade de trânsito do município de São Carlos, suspendendo no período de 27 de março a 30 de abril de 2020 a fiscalização por meio dos três radares móveis.

No último final de semana um áudio pipocou nas redes sociais. Nele, o prefeito Airton Garcia expressa as dificuldades da saúde de São Carlos. Mas (sempre tem o masss), um dos trechos da fala provocou revolta em quem ouviu o áudio. Nela o prefeito diz que, quando doente, procura hospitais renomados como o Sírio Libanês e o Albert Einstein, ambos na capital paulista. 

Sinceridade 

Como empresário bem sucedido nos negócios, assiste o direito a Airton procurar o sistema de saúde que mais bem lhe convier. Sim, Airton foi sincero e com essa sinceridade reconhece que o sistema de saúde da cidade que hoje administra é falho. 

Que se exploda! 

Porém o prefeito cometeu uma gafe política sem precedentes e com as mais diversas leituras. O que mais ouvimos nessa semana (depois do áudio nas redes) foi a seguinte: O prefeito quer que a população se exploda, uma vez que tem dinheiro o suficiente para buscar saúde em outro território.  

Foi Você 

Oras, não adianta reclamar, essa conclusão é simples de ser entendida. Foi Airton Garcia quem fechou (e ainda as mantém fechadas) duas Unidades de Pronto Atendimento. Foi ele que se recusou a assinar um Termo de Ajustamento de Conduta e que por fim chamou os médicos de vagabundos. 

Promessas 

Foi Airton quem prometeu em campanha que não faltariam medicamentos e médicos na rede pública de saúde. Justiça seja feita, a questão dos medicamentos por hora vem sendo cumprida. 

A varinha 

O prefeito pegou um péssimo hábito quando é questionado sobre os temas mais polêmicos, como esse da saúde. Ele sempre se esquiva e diz que não tem varinha mágica para solucionar todos os problemas da noite para o dia. 

A varinha II 

A varinha mágica do Airton Garcia não dá conta de todos os problemas, mas qual é o problema? Afinal, ele tem dinheiro para o Albert Einstein e para o Sírio Libanês. Para o rei, tudo; ao povo....pão e circo. 

É triste, mas é a realidade

Os políticos nos levam à triste constatação. Todos são produtos de marketing mentiroso e não tem dimensão de administração de um município, um estado, uma nação. 

Frouxo 

O vereador Leandro Guerreiro que pelo visto tem um futuro promissor na política nacional, pegou seu chicote e estralou nas costas do prefeito Airton Garcia, durante o programa Fala São Carlos na Rádio São Carlos AM. 

Frouxo II 

A bronca de Guerreiro era em relação a nomeação de um cargo de confiança que havia sido exonerado depois de críticas de vereadores e depois foi nomeado novamente. Guerreiro, nervoso, disparou e perguntou se o prefeito era frouxo. 

Frouxo III 

Guerreiro também deu chicotadas no ex-prefeito Dagnone de Mello. Meu na boa...Ninguém segura mais esse rapaz. Sorte do povo, azar dos políticos “profissionais” 

Novo significado 

AME aqui no Estado de São Paulo significa Ambulatório Médico de Especialidades. Para São Carlos, o significado é outro: Ambulatório da Mentira. 

Novela 

Promessa de campanha de Newton Lima e Oswaldo Barba, ambos do PT, notava-se um boicote da cúpula do Governo tucano ao projeto, que poderia alongar o projeto político dos adversários em São Carlos. 

Nem com Maestro 

Em 2012, Paulo Altomani (o maestro com a batuta e não mago como Airton com sua varinha mágica que não funciona), vence as eleições na cidade e o AME apresenta um avanço. Desapropriou-se uma área próxima ao antigo Aeroporto Salgado Filho, mas depois houve a preferência de alugar um prédio que servia a um conjunto de lojas da avenida Sallum na Vila Prado. 

Galeria 

Este prédio que não tem nada de ambulatório médico, passou por adaptações e o poderoso Estado de São Paulo, paga até hoje um salgado preço: algo em torno de R$ 39 mil reais, de acordo com os próprios dados da prefeitura. 

Blá, blá e blá... 

Bom, prazo não faltou no discurso de Paulo Altomani à inauguração do AME. De 7 de Setembro a 4 de novembro, o aniversário da cidade, foram algumas dessas datas programadas. E... nada.

 Culpa do Ar Condicionado 

Primeiro a desculpa pela falta de dinheiro para o ar condicionado. O Deputado Federal (que pelo visto também foi enganado) conseguiu  R$ 600 mil para a instalação dos equipamentos. 

Não, não a culpa das readequações 

Depois faltaram readequações estruturais ao prédio à aprovação do Corpo de Bombeiros, blá, blá, blá e blá. O Estado até que pressionou um pouquinho a Prefeitura do maestro Altomani, mas esse não fez o seu papel. 

Notícia Policial 

O resultado dessa política atabalhoada e rancorosa, começa a surgir no noticiário policial. Pois é o AME agora se tornou caso de polícia. Fios elétricos e tubos de cobre são alguns dos objetos furtados por bandidos e isso expõe a fragilidade do sistema de segurança. Mais: é dinheiro público que está indo direto para o ralo. 

Quem será o herói? 

Enquanto as rivalidades políticas e o desleixo dos administradores públicos prevalecem, São Carlos chega a uma década de promessa. Nada sai do papel. Enquanto isso, a nossa saúde vai mal. A nossa maternidade segue a registrar mortes e as nossas UPAs, fechadas. E agora, quem poderá nos defender? 

Quem será o herói II? 

Roberto Gómez Bolaños o ator mexicano que interpretava o herói Chapolim Colorado já morreu. A varinha mágica do nosso mago Merlin Garcia não está funcionando. Repito a pergunta: E agora, quem poderá nos defender?  

Bom final de semana 

Ou se morre como herói, ou vive-se o bastante para se tornar o vilão.(Batman - O Cavaleiro das Trevas). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo