NESTA QUARTA-FEIRA (14/11/18) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – AV. TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AV. TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H. 

RADAR 3 - RUA JOSÉ BONIFÁCIO X RUA 1º DE MAIO (CENTRO/BAIRRO) – VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Durante a sessão da Câmara nesta terça-feira (20), o vereador Paraná Filho que é o do mesmo partido do prefeito Airton Garcia, voltou atacar a Administração. O alvo agora foram os gastos de R$ 483 mil em publicidade para divulgar os 100 dias do novo governo. Sem dúvida é um dinheiro robusto para um período em que o governo mostrou na prática, quase nada à população.

Propaganda

Nesse período, a Prefeitura, em especial o prefeito Airton Garcia, viveu em constante embate. com a Santa Casa, suspeitando da administração do hospital, com o fechamento de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), milhares de ruas esburacadas e até brigas e discussões em seu gabinete.

Encoberto

Se o governo tinha algo de positivo a mostrar, foi encoberto pelas polêmicas. O dinheiro que sobrou nos primeiros meses de administração, falta para momentos importantes e estratégicos.

Campanhas Importantes

Desde julho, a prefeitura faz uma campanha de refinanciamento de dívidas, o Refis.  Quem está em dívida com impostos municipais, como IPTU, ISS e SAAE, pode acertar as contas até agosto, mas a campanha não atrai tantos devedores, provavelmente pela falta de propaganda educativa, divulgação em massa.

Falha

O prefeito admite essa falha. Infelizmente faltou planejamento à Secretaria de Comunicação. Os meios de comunicação, principalmente as Rádios e as TVs, por serem concessões públicas, têm o dever de informar o cidadão. Mas nem todos têm o mesmo pensamento e a cidade padece de informação.

Não é culpa dele

Não queremos aqui com esses tópicos acima, fazer críticas diretas ou jogar toda a responsabilidade  ao Secretário Municipal de Comunicação Mateus de Aquino. O jovem secretário é o gestor desse tipo de negócio que com certeza deve ter dedos de outras pastas.

Não é culpa dele II

Aquino, diga-se de passagem está com uma equipe reduzidíssima em sua pasta, para atender as demandas dos órgãos de imprensa, as demandas internadas das outras secretarias e empresários do ramo publicitário, entre outros. O menino é boa gente, mas sem material humano... 

Em compensação

As coias absurdas que ocorrem no Paço ou em outros setores públicos (boatos, fofocas, assédios etc...), ah, isso  corre rapidinho por toda a cidade.

Que comparação é essa

Na última segunda feira (19/06), participando do bate papo com Antonio Walter na DBC-FM, fez uma comparação, nada mais, nada menos com o prefeito de São Paulo, João Dória.

Que comparação é essa II

Questionado por um ouvinte sobre os reais motivos de Dória já ter feito tanto pela cidade de São Paulo e em São Carlos o chefe do executivo ainda não conseguiu fazer igual, Airton disparou dizendo que o Doria fez em São Paulo o que  ele já fez em São Carlos, que foi não deixar faltar remédio e que a grama do vizinho sempre é mais verde, encerrando a pergunta.

Tá cansativa

Alias vai uma dica. Essas entrevistas do prefeito estão ficando cansativas, quase nada de novo acaba sendo divulgado. As perguntas e reclamações são sempre as mesmas e as respostas idem. Só de vez em quando que o prefeito solta uma pérola e acaba virando notícia. Como a comparação com o prefeito Dória.

A vizinha de novo

O prefeito da nossa vizinha Araraquara, Edinho Silva (PT), assinou convênio de financiamento de cerca de R$ 11 milhões para investimento em obras de saneamento daquela cidade. Mesmo sendo Edinho do partido que está mergulhado em escândalos de corrupção, ele  demonstra uma eficiência administrativa de dar inveja aos são-carlenses que apostaram no empresário Airton Garcia Ferreira (PSB), hoje prefeito de São Carlos.

A vizinha de novo II

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Araraquara, os recursos conquistados por Edinho Silva serão utilizados para resolver definitivamente o problema de falta de água na região do Jardim Roberto Selmi Dei e, também, para melhorar a estrutura de abastecimento da região do Victório de Santi (Cruzeiro do Sul, Jardim Del Rey, Jardim Esplanada e Jardim Iedda), que deve ter crescimento populacional nos próximos anos.

Já aqui

A tão propalada influência que o nosso prefeito teria com políticos influentes na esfera Estadual e Federal, até o momento não trouxe um centavo de investimentos para São Carlos.

E o Jurídico hein...

A Prefeitura de São Carlos, perdeu mais uma na Justiça. O juiz da Vara da Fazenda Pública de São Carlos, Daniel Borborema, julgou improcedente a ação da Prefeitura visando a reintegração de posse do espaço ocupado pela Casa de Saúde e Maternidade de São Carlos.

E o Jurídico hein...II

No despacho, o juiz Borborema enfatizou que a Casa de Saúde e Maternidade foi construída e por décadas serviu à população local na prestação de relevantes serviços na área de saúde.

Foi mais uma

É essa decisão foi mais uma derrota do atual chefe de Gabinete da Procuradoria Jurídica da prefeitura Ademir Souza e Silva. Uma pergunta: O que ele ganhou até agora na Justiça? Perguntar não ofende!

Até sexta

Cometer erros não é nenhum problema grave, desde que eles sejam novos! (Reinaldo Ribeiro). Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  

 

 



Comentário(s) 

+6
Estranho... | 21 Junho 2017
Essa semana a suzantur foi alvo de mais um noticiário da TV. Um jornal televisivo, mostrou a quantidade de reclamações que a empresa vem sofrendo diariamente. Até os cadeirantes e deficientes físicos estão sofrendo com a falta de ônibus adaptado, e em decorrência disso, perda de compromissos entre outros. É visível a falta de experiência e responsabilidade da suzantur. O ruim dessa história é que o atual prefeito não toma nenhuma iniciativa com relação a isso. Ele simplesmente se acomodou na sombra do TCE do estado, delegando ao orgão, toda responsabilidade por não conseguir terminar a licitação. Lembrando que temos um processo em andamento na Vara da Fazenda Pública, contra a suzantur. É esperar e aguardar.
+7
cesar | 21 Junho 2017
Infelizmente a cidade e a população irão sofrer por mais 4 anos, fomos novamente enganados por um mentiroso, idêntico ao outro que mentiu por 4 anos. O falastrão enganou a população, com mentiras de recapear toda a cidade, uma creche por mês, pobre seria bem atendido; deveria reformular o código Penal e prender essas políticos que enganam a população. Estelionato político, e o cara de pau acha que fez algo, vergonhoso, renunciaaaaaaaaa.
+5
Pródigo | 21 Junho 2017
E vai jogar mais 500 mil na reforma do prédio do AME que é de um particular que insistem em esconder.
+6
oráculo político | 21 Junho 2017
Em tempo de crise, o escasso dinheiro deve ser usado com inteligência para suprir as necessidades básicas. O prefeito não seguiu essa lição, que qualquer dona de casa equilibrada conhece, e gastou despudoradamente em propaganda inútil. A dinheirama gasta com publicidade deveria ter sido redirecionada para finalidades que beneficiassem os contribuintes de São Carlos. São Carlos está ao Deus dará, replica terra arrasada e o prefeito joga no lixo quase quinhentos mil reais para dizer que nada fez. Isso todo mundo sabe. Está na hora de fazer. Homem público deve ser equilibrado e sensato. Aírton imita Altomani na postura arrogante que nada constrói. Se a demonstração de incompetência e egolatria continuar, será melhor que renuncie e deixe a prefeitura para quem tenha condição de ocupá-la.