NA QUARTA-FEIRA (21/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida João de Guzzi X Rua Marcos Vinicios de M. Moraes VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - Avenida Henrique Gregori (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - Avenida Henrique Gregori (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H. 

A iluminação da cidade está cada dia mais decadente, digamos indecente. E não enxergamos a luz no fim do túnel. Os cofres municipais estão combalidos. O prefeito Airton Garcia tentou mostrar realidade diferente ao dizer que tinha dinheiro para remédio e para festa.Mas, caiu na real. 

Cadê a Luz 

Airton percebeu que a arrecadação municipal escasseia após o boom dos primeiros meses com o pagamento de impostos como IPTU e IPVA. Ele sabia disso, pois em reuniões com sindicalistas do SINDSPAM, tratando o Acordo Coletivo da categoria, ele citou essa situação por várias vezes. 

Cadê a Luz II 

Voltando as ruas, as mesmas estão numa penumbra danada. No final de semana, tivemos um estupro em uma casarão na esquina das ruas São Joaquim e Jesuíno de Arruda.  O local é tenebroso. Além das muitas árvores, a região apresenta iluminação deficiente. 

Cadê a Luz III 

Na prefeitura, há uma discussão muito tímida sobre a criação da contribuição sobre iluminação pública. A estimativa é de se arrecadar R$ 1 milhão de reais por mês. Desse valor, R$ 600 mil são utilizados na manutenção de praxe; o restante seria utilizado aos investimentos. 

Cadê a Luz IV 

Falar em criação de impostos nesse período de crise, é um assunto que não cai bem. A CPFL, companhia responsável pela distribuição de energia elétrica, se mostra alheia à deficiência de iluminação. Por lei, não tem mais a obrigação em dar manutenção nas ruas. Porém ela é forçada por liminar a não interromper o serviço, mas faz um serviço mal feito, sem a mínima vontade, à força. 

Cadê a Luz V 

Independente da maneira a ser utilizada, é fato que a prefeitura precisa encabeçar esse processo, discutindo o assunto com mais profundidade. 

Cadê a Luz VI 

Iluminação precária abre caminhos aos assaltos, ao tráfico de drogas, ao estupro e a tantas outras formas de violência. Então, políticos, vamos acordar e façam uma das maiores invenções de todos os tempos, invenção esta de Thomas  Edison, funcionar em São Carlos. 

Tranquilo, tranquilo   

O ex-prefeito Paulo Altomani (PSDB) falou a respeito da ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público (MP), questionando a contratação da empresa Suzantur para gerir o transporte urbano de São Carlos. “Estou com a consciência tranquila”, afirmou o político, na segunda-feira durante depoimento da CPI do Lixo 

Tranquilo, tranquilo II 

Além de Altomani, o promotor Sérgio Martin Piovesan de Oliveira, do MP, arrolou na ação de improbidade o ex-secretário de Transporte e Trânsito, Márcio Marino, e a empresa Transportadora Turística Suzano (Suzantur). 

Tranquilo, tranquilo III 

É bom mesmo o ex-prefeito estar com a consciência tranquila, pois vai ter muita dor de cabeça pela frente. Quem viu o processo do promotor com mais de 1 mil páginas, sabe do que estou falando. 

Cidade Falida 

O Jornal Primeira Página vem publicando uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito, derrotados por Airton Garcia nas últimas eleições.  Esta semana foi a vez de Walcinyr Bragatto que obteve 23.234 votos ou 23,34% dos votos válidos, ficando na terceira posição. 

Cidade Falida II 

Bragatto que hoje é o Secretário Municipal de Emprego e Relações do Trabalho, no Governo Airton disse que o atual prefeito recebeu do governo anterior a pior herança da história de São Carlos. “O prefeito Airton assumiu uma prefeitura totalmente quebrada, desestruturada, descontrolada, desgovernada! Uma cidade desequipada, serviços sucateados, toda esburacada, juridicamente condenada, falida!” 

Cidade Falida III

Há quanto tempo nós estamos mostrando e falando sobre essa questão? É só uma pergunta... 

Eeeeee 

E o clima esquentou entre os vereadores Paraná Filho (PSB) e Marquinho Amaral (PMDB) durante a votação do veto de um dos artigos do projeto de lei que visava tornar obrigatória no município a instalação de no mínimo um terminal eletrônico em cada agência bancária com teclas de leitura em braile e sonorização com adaptação para fone de ouvido. 

Eeeeee II 

Paraná Filho argumentou que havia um acordo entre os parlamentares no intuito de derrubarem o veto da Prefeitura, entretanto nove vereadores não seguiram o que supostamente foi combinado. Chico Loco (PSB), Cidinha do Oncológico (SD), Dimitri Sean (PDT), Edson Ferreira (PRB), Gustavo Pozzi (PR), Malabim e Sérgio Rocha (PTB), Marquinho Amaral (PMDB) e Roselei Françoso (Rede) votaram com o governo. 

Provocação 

Paraná disse que o acordo de pauta precisava ser respeitado. “Se alguém quiser assumir a liderança, a democracia é assim. Que assuma”, provocou. 

Provocação II 

Marquinho Amaral devolveu a provocação declarando: “Talvez o vereador esteja nervosinho porque não está cumprindo as promessas de campanha com cargos de confiança no atual governo”. Fora do microfone, Paraná perguntava: “E o senhor? Está?”. 

Desenho

A votação de ontem,  mostrou que aos poucos o governo de Airton Garcia tenta montar uma base aliada liderada por Marquinho Amaral. O que chama a atenção é que a legenda do chefe do Poder Executivo não mantém unidade – apenas Chico Loco votou pró-governo. Paraná Filho, Elton Carvalho e Leandro Guerreiro se posicionaram contra. 

Desenho II 

Já Lucão Fernandes que é do mesmo partido de Marquinho disse  que o PSB era uma bagunça.  Lucão deu mostras que o PMDBa exemplo do PSB está rachado quanto à intenção de apoiar o atual prefeito. 

Desenho III 

Marquinho e João Muller já estariam de malas prontas para compor com o Governo. Airton dias atrás até elogiou Muller em uma emissora de rádio. 

Até sexta 

 

Não se arrependa de nada, as pessoas boas deixam alegria, as más deixam lições e as maravilhosas deixam lembranças. Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 



Comentário(s) 

+6
Ladainha | 02 Junho 2017
O QUE ESTA PRECISANDO DE UMA REFORMA NA ILUMINAÇÃO É O EDIFÍCIO EUCLIDES DA CUNHA E O DA RUA EPISCOPAL COM A MAJOR. NÃO ESTOU FALANDO FISICAMENTE E SIM ESPIRITUALMENTE! A PARTIR DAI, AS COISAS COMEÇAM A SER RESOLVIDAS NA CIDADE!
+4
Alfredo | 02 Junho 2017
De novo essa historia de cobrança de iluminação, quem esta fazendo esse lóbe, para o governo de todos, isso é historia morta, pois a referida taxa esta embutida no I.P.T.U, não só essa como as demais, remoção de lixo, conservação de calçamento, limpeza publica, guarda noturno, e incêndio, pois as mesma eram cobradas em função de área construída e outras sobre a testada (metros de frente), como havia muitos problemas nos dados e a dificuldade de se fazer um mapa de valores, resolveram por simplificar o lançamento, então não ha o que se falar, em criação de taxa de iluminação e muito menos a taxa do lixo.
+8
Moradora | 01 Junho 2017
O maestro sabe muito bem sim tudo que o espera, tanto é que um jornal da cidade até publicou q ele estava repassando o comando da empresa dele pra outros.
+8
Trabquilo e f | 01 Junho 2017
Trabquilo ou não o antigo prefeito vai levar fumo nesse processo, isso porque no art. 11 da lei de improbidade, a prova do prejuízo não é obrigatória...é presumida...e o dolo é genérico, bastando provar que o prefeito teve interesse de contratar a empresa de forma emergencial, em situação não emergencial... ele o secretario vão levar ferro...
+9
Vai trabalhar | 01 Junho 2017
Todo mundo, até quem não entende de política, sabe que em são carlos não tem situação e oposição. É tudo igual, ninguém resolve nada..só aponta o do outro...um pode ser um pouco mais articulado..mas não passa disso..pífio...
+11
cesar | 01 Junho 2017
Se for analisar a incompetência dos políticos de São Carlos, melhor deixar sem ninguém, economiza com salários e funciona melhor. Vamos assistir por anos, a decadência e a desgraça da cidade, promovida por políticos que só pensam nele próprios. Dito popular "O povo tem o governo que merece".
+6
VIDENTE | 01 Junho 2017
Antes PSDB , e agora PSB , prevejo apenas "UM TÚNEL NO FINAL DA LUZ"!!!!
+12
Vincenty | 31 Maio 2017
O Maestro e ex-prefeito de São Carlos, sabe sim, que as mais de mil páginas de questionamentos que o Promotor fez contra ele, são verdadeiras... A começar pelo fenômeno chamado Suzantur; fenômeno este, que acabou com o transporte coletivo da cidade. Como é que o maestro vai explicar, como uma empresa de transporte coletivo abre uma filial aqui - mais de 260 km de distancia da sua matriz - um mês e meio antes de cogitarem a abertura de uma Licitação Emergencial para o transporte??? Será que a suzantur achou o arrabalde Sancarlino bonitinho??? Ou a Suzantur tinha bola de cristal, a ponto de dizer que ela seria vencedora??? Quem vai explicar essas e outras, será o Maestro. Vamos esperar. A população está curiosíssima...
+12
observador político | 31 Maio 2017
PSB está bagunçado e PMDB, dividido. Se o prefeito oferecer cargos de confiança, tanto o PSB quanto o PMDB aceitarão, porque essa é a intenção comum. Nenhum deles tem propostas para as urgências da cidade e da população, mas não se cansam de pedir favores ao alcaide. Querem empregar seus capachos e garantir fidelidade para as próximas eleições, afinal, em 2018, há quem queira ser candidato a de[...]do. Aguardem!
+14
intriga | 31 Maio 2017
fala-se tanto que não tem dinheiro, no entanto todos os cargos de confiança estão ocupados. Vou deixar aqui uma sugestão: desmama alguns cargos de confiança que estão ai só pra receber ( e muiiiiiito bem) e aplica o dinheiro em outras coisas que realmente interessam para a população.