NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA (03/06) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 – RUA MIGUEL PETRONI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 – AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M.MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

Pelo que estamos observando na política são-carlense, o título acima está prestes a se tornar uma triste realidade. A briga entre os poderes Executivo e Legislativo, não traz resultados positivos para ninguém, em particular a nós, população dessa triste cidade que a cada dia que passa está pior para se viver. 

O pior ainda está por vir II 

Temos mais uma vez, pelo segundo mandato seguido, um prefeito que fala muito, oras besteiras, oras desabafos e oras brigas. A cidade já sofreu muito com um administrador desses nos últimos quatro anos. Altomani o maestro!

O pior ainda está por vir III 

O prefeito Airton Garcia comete falhas “políticas” pelo fato de falar de mais.  Essa tática até dá certo nos negócios particulares de Airton, mas no setor público as coisas são diferentes. Não se ganha nada no grito. Não se ganha nada sem discussão política. 

Trabalho 

É inegável que Airton Garcia quer acertar, mas acontece que pessoas que estão ao seu lado, não o deixam. É inegável que o prefeito trabalha feito um pouco para colocar a casa em ordem. Mas não entendemos por quais motivos  o levam a permanecer com algumas peças do xadrez, que o podem levar a perder a partida. 

Trabalho II 

O prefeito é esperto, audacioso e teimoso, mas essa teimosia no setor público deve ser ponderado. Será que as lições da administração do Altomani não serviu para nada? Airton acompanhou tudo isso de perto e serão que não aprendeu nada? 

Alerta 

O vereador Leandro Guerreiro (PSB) que tem um carinho muito especial por Airton Garcia (ele diz isso para todo o mundo), fez um alerta na Tribuna da Câmara e nas redes sociais.  “O cenário político não caminha para o crescimento da nossa cidade, a situação é triste é preocupante. O prefeito precisa vir a público e esclarecer para a população o que realmente está acontecendo”. 

Profecia 

E continuou:  “Alertei o prefeito que se continuar assim, corre o risco de cair, a câmara em breve poderá cassá-lo. Airton Garcia, a população está torcendo para sua administração ir bem, ninguém quer a desgraça para nossa cidade”, resumiu Guerreiro. 

Povo do lado 

E Guerreiro disse uma verdade, a população, aquela que crítica, corneta, reclama nas redes sociais e nas emissoras de rádio, ainda está do lado do prefeito, acredita no prefeito. Portanto Airton Garci ouça um pouco quem critica. A massa ainda do seu lado e o senhor tem tempo de mudar “as peças do tabuleiro do xadrez”. 

A culpa é de quem? 

Agora uma pergunta que não quer se calar e nem deve. O que aconteceu com os vereadores que de uma legislação para outra, deixou de ser “boazinha” e passou a ser “tão crítica e fiscalizadora”. 

A culpa é de quem? II 

Um internauta resumiu bem esse samba do crioulo doido. Ele escreveu: “Deixa eu entender, as dívidas são de R$ 32 milhões a cidade arrecada R$ 30 milhões e tá tudo zerado o ex prefeito e vereadores da gestão passada estão numa boa e ainda vai sobrar para o atual prefeito?  Porque só agora começou a desmoronar tudo os atuais vereadores que aí estão desde a gestão, vem criticar, esbravejas, reclamar, denunciar. Eles também tem culpa no cartório e sabiam de tudo isso e devem ser responsabilizados”. 

Caso de Polícia 

O discurso do vereador Paraná Filho (PSB) caiu como uma bomba na Prefeitura Municipal. Ele foi um dos vereadores que acompanhou Julio Cesar (DEM) ao almoxarifado da Secretaria de Agricultura e Abastecimento que denunciou a baixa no estoque dos produtos destinados à merenda escolar. 

Caso de Polícia II 

“Infelizmente estamos diante de um governo incompetente, corrupto, de mau caráter, de pilantras, de picaretas, de pessoas sem compromisso com São Carlos, descompromissadas com a ética e a moral e que não têm pena das crianças que precisam da merenda escolar”, esbravejou Paraná Filho. 

Caso de Polícia III 

Paraná disse ainda que a cidade foi invadida por ladrões e que o prefeito Airton Garcia era quem puxava a fila. “Se não houvesse a quebra de decoro, utilizaria outros adjetivos. Não vou baixar o nível. Eu tenho certeza que a Secretaria de Agricultura não está fazendo isso sozinha. Tem a secretaria de Governo no meio da bandalheira, de Esportes e tudo isso. A bandidagem está correndo solta na cidade”. 

Reação 

Depois do discurso o secretário de Esportes, Edson Ferraz, compareceu com um documento pedindo a gravação da sessão Legislativa. Ele estava bastante nervoso e não quis gravar entrevista, mas enfatizou para quem quisesse ouvir que tomaria todas as providências. 

Reação II

E tomou. Ferraz e o prefeito Airton Garcia, estiveram no Plantão Policial para registrar um boletim de ocorrência contra o vereador Paraná. 

Reação III 

“É duro, depois de 67 anos, ouvir isso. Eu nunca roubei nada. Agora, um cidadão, só porque acha que é vereador, tem o direito de chamar todo mundo de ladrão? Vou registrar a ocorrência porque acho que ainda existe Justiça no Brasil. Um cara que fala isso, tem que provar e se não provar, que a Câmara casse um caluniador. Meu advogado vai tomar todas as medidas cabíveis”, disse Airton Garcia. 

Abra o olho 

O recado é para o vereador Moisés Lazarine (Democratas). Existia uma grande expectativa em torno do seu nome, enquanto era um pré candidato. Muitos “peixões” da política diziam que o senhor estava trabalhando e muito para ganhar uma cadeira na Câmara. 

Abra o olho II 

E o senhor conquistou. Mas acabou por aí. Discursos vazios e pouco trabalho até aqui. Vereador se o senhor não tem o que falar na Tribuna, não fale. Faça como os colegas Luis Enrique e Dimitri que entram mudo e saem calado das sessões. Fica a dica! 

Até sexta 

A quem me pergunta se sou pessimista ou otimista, respondo que o meu conhecimento é de pessimista, mas a minha vontade e a minha esperança são de otimista. (Albert Schweitzer). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo