NESTA SEXTA-FEIRA (21/6) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Rua AVENIDA FRANCISCO PEREIRA LOPES (USP/SHOPPING) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (SHOPPING/BAIRRO) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

As polêmicas do transporte público não terminaram. Agora que dá a nota é o Ministério Público de Contas, após uma provocação do vereador Roselei Françoso (REDE). Em suma: o órgão do Tribunal de Contas do Estado aponta pouca transparência na concorrência pública realizada durante a gestão Paulo  Altomani (PSDB).

Contrato

O  contrato do transporte publico, frise-se, é de R$ 4 milhões e 700 mil. Um valor robusto. Na representação do vereador da REDE, aponta-se a falta de transparência no processo. Também apontou a morosidade da Prefeitura em fazer o edital de licitação.

Ponderações

A procuradora Renata Cestari também faz as suas ponderações. Diz que a contratação emergencial se fazia necessária.

Puxão de orelha

O despacho também traz a seguinte questão: a Prefeitura deveria dar publicidade ao máximo o processo de licitação, o que não aconteceu.

Pedido

A procuradora do Ministério Público de Contas pede a adoção de medidas cabíveis ao Ministério Público e à Defensoria Pública. Ou seja: a polêmica não termina tão cedo assim.

Nomeações

As nomeações do segundo escalão do governo Airton Garcia (PSB) começam a acontecer. O Departamento de Defesa e Controle Animal será conduzido por Guilherme Marrara, que já trabalhou na divisão de zoonoses da Prefeitura em governos petistas. O profissional é bastante competente.

Fico

A diretora do Fundo Social de Solidariedade que foi nomeada por Alice Altomani permanece no governo de Airton Garcia.

Procon

Juliana Pereira Cortes é a nova diretora do Procon de São Carlos. Ela ocupa a vaga de Joner Nery. Uma pena que não apreoveitaram o Nery, mas enfim, sucesso a Juliana!

Ecopag

Na quinta-feira o prefeito Airton Garcia, finalmente deu um basta nessa questão da Ecopag em São Carlos. Ele anunciou que fará a recisão do contrato com a empresa, após resultado do processo administrativo que apurava irregularidades nessa prestação de serviço.

Ecopag II  

O chefe de gabinete da Procuradoria Geral do Município, Ademir Souza e Silva, foi quem deu as explicações para justificar a recisão. O interessante que os pontos citados pelo advogado, são os mesmos que foram citados, pelos servidores, pelo SINDSPAM, pela imprensa, pelos comerciantes, desde da época  que esse cartão entrou na cidade.

Ecopag III

“No dia 14 de dezembro, a empresa suspendeu todos os créditos dos cartões dos funcionários públicos provocando um enorme constrangimento ao servidor que tentava utilizá-lo no comércio local”. Disse Souza e Silva.

Ecopag IV

O Departamento Jurídico também verificou que durante o ano passado, a empresa recebia o dinheiro da Prefeitura e não repassava aos empresários que prestam o serviço de alimentação. “Como essa era uma prática comum, muitos estabelecimentos deixaram de aceitar o cartão refeição”, disse. Outra “descoberta”  do jurídico foi de que a empresa tem 145 ações na justiça.

Ecopag V

Agora duas perguntas que não podem deixar de serem feitas. A primeira, qual era a posição da atual secretária de Administração e Gestão Pessoal, Helena Antunes (que não participou da coletiva e ocupava o mesmo cargo na gestão passada), diante tantas lambanças verificadas com esta empresa?

Ecopag VI

Segunda pergunta: Onde estava o jurídico da antiga Administração que permitiu que uma empresa dessas entrasse na cidade e o pior, renovou o contrato com a mesma, apesar de tantos problemas que havia na época?

Irritado

O prefeito Airton Garcia já começa a dar mostras de sua irritação com a situação que assumiu a prefeitura. Que ele é meio brutão isso não é segredo pra ninguém. Mas na coletiva da quinta-feira, quando foi exposto a questão do pagamento dos salários dos médicos que recebem no regime RPA (Recibo de Pagamento Autônomo), pratica tida como ilegal pelo Tribunal de Contas, ele deixou essa irritação explicita.

Irritado II

Airton Garcia se irritou com a pergunta de um jornalista, referente ao assunto, ele alterou o tom de voz e ainda mandou para que o profissional de imprensa, apontasse então uma solução para o problema e não só criticasse.

Irritado III

O jornalista (um dos mais calmos da cidade), não titubeou e disparou ao prefeito: “O senhor foi eleito prefeito, não eu, é o senhor quem tem que resolver esse problema”. Depois dessa Airton se aquietou.

Alerta

Atenção pessoal do comando da Guarda Municipal, não é uma boa ideia deixar os vigilantes existentes nos quadros atuais, em locais ermos. É só uma sugestão ok?

Boatos ?

Existem  boatos correndo a respeito do destino de três órgãos indiretos da Administração: FESC, Pró-Memória e Prohab. O que foi divulgado pela imprensa até agora é que o Prefeito estuda o destino das três, nada mais. O que acontece é que isso abriu margem para especulações que estão tirando o sono de muitos servidores.

Boatos II?

Os servidores desses três órgãos, estão com várias dúvidas e ouvem várias coisas por aí.A primeira é que irão fechar tudo e mandar todos os servidores embora; outros já falam que irão fechar tudo e vão mandar os servidores não estáveis (aqueles concursados com menos de 03 anos de serviço) embora. Outra coisa que falam é que irão unificar tudo e manter os servidores. Tem também o comentário que os servidores desses três órgãos serão absorvidos por outras secretarias, mas demitindo alguns servidores e por último que alguns servidores serão absorvidos  por outras secretarias, mas mantendo e talvez realocando outros servidores.

Boatos III?

 

Daria para a Prefeitura dar um parecer oficial a esses servidores, ninguém merece começar um ano, com tanta preocupação e medo do futuro. 

Bom final de semana 

Não há defeito mais irritante do que criticar todo tempo os defeitos dos outros.(Fabrício Carpinejar). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Comentário(s) 

+13
Carlinhos | 13 Janeiro 2017
Estamos torcendo pela saída da suzantur, dessa cidade. A empresa frustou totalmente a esperança que nós usuários tínhamos com relação a uma boa prestação de serviços por aqui. Ela conseguiu ser 1000 vezes pior que a falecida athenas. Esperamos que o novo prefeito faça um novo contrato emergencial com outra empresa de transportes, até que a licitação oficial saia. Que a nova empresa tenha pelo menos ônibus em boas condições, que consiga cumprir os horários, que não matem as viagens deixando os usuários feito bobos nos pontos de ônibus e que respeitem pelo menos a população que usa de transporte. Isso seria o mínimo que a próxima empresa deveria fazer... Vamos aguardar o bom senso do novo Prefeito.
+6
MAIS UM | 13 Janeiro 2017
Sinceramente nao me importo se precisar ir para outro lugar trabalhar, desde que sejam mantidos os empregos. Mas acho uma falta de respeito conosco essa falta de informação.
+9
Servidor indignado | 13 Janeiro 2017
Um absurdo votamos para mudanças coisa que não está ocorrendo. Veja na educação ficaram as mesmas diretoras. Gente q não tem perfil. qual o método de escolha? Preservar as diretoras do Dé Alvim. Bem que ele falou que elas ficavam. manter a helena Antunes que defendeu o cartão Ecopobre. pelo amor de Deus prefeito acorda queremos MUDANÇAS. Principalmente na EDUCAÇÃO. Desculpa de abaixo assinado então deveria ter deixado o Douglas #Fica Douglas.
+6
outro servidor | 13 Janeiro 2017
Realmente está dificil trabalhar com esses clima, já é complicado o desenrolar do trabalho em inicio de gestão, e ainda por cima todos esses comentários. Nós prestamos um concurso público para ter estabilidade e nos sujeitamos muitas vezes a um salario menor do que o da iniciativa privada em troca de ter estabilidade. Agora, de uma hora para outra somos agraciados com essas suposições.
+10
Servidor - Indireta | 13 Janeiro 2017
É importante um posicionamento da Prefeitura a respeito das Fundações e, especialmente, dos servidores dela, tanto os estáveis quanto os não estáveis.
Um dos motes do atual Prefeito, quando em campanha, foi no sentido da valorização do servidor público, o que certamente lhe agraciou muitos votos. Entretanto, ao menos pela instabilidade que reina na [...]istração Indireta, ele não vem cumprindo com o prometido.
+8
Mário | 13 Janeiro 2017
Depois de duas semanas desse novo governo os funcionários das adm. indiretas gostariam mesmo de um posicionamento oficial. Pra quem tinha um discurso de campanha de valorização dos servidores, até agora o que estamos vendo é descaso e falta de respeito.
-2
Véio Xatho | 13 Janeiro 2017
Não sei se "Vou-me Embora pra Passárgada", pelo menos lá sou amigo do Rei. Ou para Ibaté, mesmo. Poque aqui nesta cidade neste início de ano, não vi vivalma tapando buracos ou carpindo e limpando áreas públicas. Parece-me que a preocupação é leiloar cargos comissionados. O do boné está já está ficando irritado? imagina nós, contribuintes que só temos deveres e não temos ruas transitáveis, calçadas, iluminação, e etc.... Nos sobra: sujeira, insegurança, nóias nos ameaçando, descaso e etc...Depois do Prefeito Antonio Massei, que também não foi lá grande coisa, não tivemos um só Prefeito que foi pelo menos mais ou menos. Obrigado.