Imprimir esta página

O debate da EPTV não foi produtivo para o eleitor quanto à escolha do futuro prefeito de São Carlos. Todos os candidatos pisaram em ovos e não partiram para o ataque. Preferiram atuarem na defensiva. Os adversários de Altomani resolveram atacar pontos fracos da administração: a troca de empresa do transporte público e uma possível privatização do SAAE.

Emocionante

Airton Garcia, quem diria, em alguns momentos elogiou Lineu Navarro e o PT. O candidato de esquerda agradeceu, mas no final deu com os dois pés no peito do empresário ao considerar uma ideia desproporcionou juntar Secretaria de Segurança Pública com Promoção Social.

Gafe

Altomani não escapou de uma gafe. Disse que procurou o Tribunal de Contas para tratar da desocupação de área no Broa. Não seria Tribunal de Justiça?

E foi só

Bom no campo político foi só isso e mais algumas bobagens que já haviam sido ditas nos debates anteriores.

Bons

Dos debates que acompanhamos os melhores foram os da igreja católica, CAASO e o da Intersom. Já as entrevistas em emissoras de rádio, repetimos aqui que o melhor desempenho foi do doutor Antonio Walter da DBC FM.

São educados

Que o debate foi chato, morno, sem graça isso todo mundo já sabe. Agora uma coisa que ninguém reparou (eu acho), todos os candidatos foram “educados”.

Explico

Nos debates anteriores boa parte dos formadores de opiniões (inclusive nós), reclamamos das baixarias, ataques etc... A grande maioria dizia que faltava propostas, projetos. Bom eles apresentaram, tudo bem que algumas são mirabolantes e outras cópias do que já foi prometido no passado.

Engessado

Quem assistiu ao debate de ontem na EPTV com olhar crítico não só nos candidatos, mas no “conjunto da obra”, concluiu que a cada eleição esses debates estão cada vez mais chatos, sem graça e sem utilidade nenhuma. Tópicos genéricos e nenhuma liberdade para que o candidato abordasse outro tema livremente.

Engessado II

Segundo o amigo Ernesto Luis Pereira Lopes, como bem frisou na rede social nesta sexta: “Isto é fruto do que se tornou "eleição de marqueteiros" no Brasil. Os candidatos viraram produtos e a coordenação de campanha só aceita regras que não exponham o lado ruim do seu produto. Pra fazer um convescote de políticos com direito a chá com torradas, não precisava fazer nada.

Simpáticos, mas pra quê?

Pra qual finalidade a EPTV convida profissionais de outros órgãos de imprensa para “assistir” o debate na sede da emissora, se o local destinado a eles é o refeitório na frente de uma TV e longe do calor do debate?  Juro que não entendi!

Simpáticos, mas pra quê? II

Tudo bem que tinha um suco, café, um lanchinho etc...Mas ficar confinado em um refeitório para ver o debate da TV em um aparelho igual ao que tenho em casa é pra acabar. Não pega mais a gente não.

Destaque do debate nas redes sociais

O grande destaque do debate nas redes sociais, foi o amigo jornalista Renato Chimirri do portal São Carlos em Rede. O homem estava com a “tocha” acesa. Ele fez diversas postagens sobre cada “proposta ou comentário” que eram feitos pelos candidatos. Suas postagens foram hilárias, muita boas mesmo.

Destaque do debate nas redes sociais II

Uma das várias postagens, dizia assim: O Neto tá com cara de médico, o Altomani com cara de paisagem, o Airton com cara de Airton, o Lineu com cara de mecânico e o Bragatto com cara de caixa de mercado.

Essas pesquisas

Todo processo eleitoral é a mesma coisa, surgem pesquisas de tudo que é canto e cada uma com resultados diferentes com um único propósito. Ludibriar e ou confundir o eleitor. Uma pena que as coisas ainda caminham dessa forma. Até quando hein?

Essas pesquisas II

Aqui em São Carlos então, acontece coisas bizarras em termos de pesquisa. Quem não se lembra das eleições de 2008 que dois jornais de um mesmo dono, trouxe capas às vésperas de eleições com resultados de pesquisas diferentes. No Jornal A o então candidato Oswaldo Barba era o líder, no jornal B, produzido inclusive na mesma redação do jornal A, trazia Airton Garcia na liderança.

Deputado cadê você

Várias pessoas reclamaram da ausência do deputado Lobbe Neto (PSDB) na campanha do prefeito Paulo Altomani. Desceram o sarrafo no homem. Mas depois o motivo do sumiço foi revelado.

Deputado cadê você II

Ao saber da polêmica que seu “sumiços” estava causando, Lobbe ligou para algumas pessoas e explicou que sempre esteve a disposição da campanha do PSDB local e que certa vez recebeu uma ligação do Waldomiro Bueno para participar da campanha, mas não informaram a ele quando e onde ele deveria se apresentar.

Deputado cadê você III

Sendo assim fica difícil ajudar né? Bom já está difícil ajudar o candidato do partido dele, tamanha rejeição apontada nas pesquisas, Lobbe ainda bem que foi assim né? Fala a verdade? O senhor é maior que essa turma aí...

Já quem convidou...

Já os candidatos do PSDB das cidades da região como Itirapina por exemplo, tiveram o total apoio de Lobbe. Eles convidaram o deputado a gravar vídeos, subir nos palanques etc... Ninguém entra na casa dos outros se não é convidado né? Isso só mostra o quanto anda “organizada e sincronizada” a equipe do prefeito Altomani.  

Até mais com novo prefeito

 

 “Uma eleição é feita para corrigir o erro da eleição anterior, mesmo que o agrave” (Carlos Drummond de Andrade). Lembrando que faremos a cobertura das eleições em nossa região neste domingo, com atualizações de hora em hora. Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.